X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Enfermeira socorre vítimas de acidente e encontra filho morto

| 19/08/2021 16:32 h | Atualizado em 19/08/2021, 16:57

Uma enfermeira foi acionada para socorrer vítimas de um acidente e durante atendimento encontrou o próprio filho morto.

O caso aconteceu na noite do último sábado (14), em Godoy Moreira, no Paraná. A técnica de enfermagem Sirlene Silvério de Souza, de 45 anos, estava de plantão quando vítimas de um acidente entre dois carros chegaram no setor de emergência do hospital municipal onde ela trabalha.

A profissional de saúde foi acionada para prestar atendimento em acidente e encontrou filho entre as vítimas
A profissional de saúde foi acionada para prestar atendimento em acidente e encontrou filho entre as vítimas |  Foto: Reprodução/ Redes Sociais
Entre os envolvidos no acidente, três pessoas morreram e uma equipe médica se deslocou até o local para socorrer as vítimas. Sem saber o que encontraria, a enfermeira recebeu a ligação de um amigo, informando que algo tinha acontecido com seu filho, Mateus Silvério de Souza, de 24 anos.

"Eu desliguei o celular já rezando. E quando a ambulância estacionou eu percebi que não era uma batida simples, mas de grandes proporções. Eu vi pessoas caídas no chão, machucadas, e reconheci o carro. As pessoas tentaram me acalmar, mas eu quis ir em direção ao veículo, e me deparei com meu filho morto e preso nas ferragens", disse Sirlene ao O Globo.

Sirlene chegou a atestar a pulsação do filho, mas ele já havia ido a óbito. Ela conta que ainda se ajoelhou ao lado do jovem e fez uma oração.

"Eu ajudei a tirar meu filho dignamente, coloquei na maca, coloquei tábua cervical. Mas o médico falou que ele realmente estava em óbito. Eu ainda pedi para levá-lo ao hospital, porque eu estava sendo forte como técnica, mas também sou mãe, e tinha a esperança de um milagre", afirmou Sirlene.

Com o óbito confirmado, a enfermeira relata que chorou com o filho nos braços.

Mateus morreu um dia após completar 24 anos e havia ganhado uma festa surpresa organizada pela mãe no dia anterior.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS