X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Empresa de ônibus é condenada a indenizar mulher atropelada em R$ 60 mil no ES

Mulher foi atropelada na calçada por ônibus e chegou a ficar em coma

Leone Oliveira | 03/08/2022 11:18 h

Empresa condenada a indenizar mulher
Empresa condenada a indenizar mulher |  Foto: Arquivo/AT
 

A Justiça condenou uma empresa de transporte e uma seguradora a indenizar em R$ 60 mil uma mulher, que teria sido atropelada na calçada por um ônibus, quando retornava para casa. 

De acordo com a vítima, o acidente ocorreu em um ponto de ônibus na Serra, em frente ao Hospital Dório Silva. A mulher foi levada para essa unidade hospitalar depois do atropelamento, mas por conta do estado de saúde precisou ser transferida para outro hospital, onde chegou em coma e esteve internada por 10 dias.

No processo, a mulher alega estar em uso de anticonvulsivante profilático, por conta de uma contusão cerebral que ocorreu depois de sofrer traumatismo craniano grave em decorrência do atropelamento.

A empresa de transportes, apesar de confirmar o atropelamento, contestou alegando que o motorista do coletivo, após perceber falhas no freio do veículo, teria perdido o controle da direção. A companhia também defendeu que o acidente trata-se de um caso fortuito, ou seja, um episódio acidental imprevisto.

No entanto, o juiz da 2ª Vara Cível da Serra entendeu que a mulher sofreu prejuízos com gastos hospitalares e de transporte. Desta forma, condenou a empresa a indenizar a mulher em R$ 60 mil por danos morais sofridos, além de ter que arcar com os gastos do tratamento hospitalar - os valores ainda serão apurados. 

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS