Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Duas crianças morrem em incêndio na Serra

| 16/08/2021 08:30 h | Atualizado em 16/08/2021, 11:13

Duas crianças morreram durante um incêndio em uma casa no início da manhã desta segunda-feira (16), no Bairro das Laranjeiras, na Serra.

Incêndio em residência deixa duas crianças mortas
Incêndio em residência deixa duas crianças mortas |  Foto: Leone Iglesias/AT

O incêndio começou por volta das 5 horas, em um imóvel térreo de alvenaria. O Corpo de Bombeiros foi acionado e reportou a ocorrência às 6h44. As chamas atingiram a cozinha e um quarto da casa.

Ícaro, de 6 anos, e Israel, de 5, morreram carbonizados em incêndio no Bairro das Laranjeiras, na Serra.
Ícaro, de 6 anos, e Israel, de 5, morreram carbonizados em incêndio no Bairro das Laranjeiras, na Serra. |  Foto: Acervo da família
As vítimas, de 5 e 6 anos, foram encontradas carbonizadas e a perícia da Polícia Civil foi acionada.

"A princípio, quando a gente chegou para combater o incêndio, não tinha sido positivada ainda a questão de vítimas. A gente entrou, combateu o incêndio no quarto delas e, posteriormente, quando a gente diminuiu a temperatura para poder efetivamente vasculhar o ambiente, acabou encontrando, infelizmente, as crianças lá já queimadas", disse o tenente Schulz.

A causa do incêndio será apontada pela perícia. "A equipe de perícia está trabalhando no local e talvez, mais pra frente a gente tenha uma ideia de onde que isso começou. Sempre a parte elétrica é uma suspeita, mas realmente só a perícia que pode confirmar", afirmou o tenente. 

De acordo com vizinhos, as crianças e uma adolescente de 15 anos estavam sob os cuidados da avó, pois a mãe havia saído para trabalhar.

A jovem contou que tentou salvar os irmãos menores, mas o teto do quarto onde eles estavam caiu, impedindo o socorro. A adolescente e a idosa conseguiram sair da casa e não tiveram ferimentos.

"Com o incêndio, o teto vai perdendo a resistência e, como é madeirite, com pouco calor ele já cede. Cedeu e acabou caindo por cima. Só depois que a gente tirou o escombro de teto, que a gente pôde localizar as crianças. Elas estavam bem próximas, uma do lado da outra, mas em posições opostas", disse.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS