X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Diretor do Sindicato dos Rodoviários: "Greve está descartada"

| 04/12/2019 16:46 h | Atualizado em 05/12/2019, 10:33

Presidente do SindiRodoviários deixou o local sob protestos
Presidente do SindiRodoviários deixou o local sob protestos |  Foto: Rafael Gomes

Após a segunda assembleia realizada pelos motoristas e cobradores de ônibus, o diretor do Sindicato dos Rodoviários José Carlos Salles disse que a greve da categoria está descartada. O diretor deixou o local sob protestos, depois que um grupo não aceitou o resultado da segunda assembleia, realizada na tarde desta quarta-feira (04).

"Tem uma galera que quer bagunçar a assembleia. A greve está descartada. Agora estamos indo para o TRT (Tribunal Regional do Trabalho)", disse o diretor.

Os rodoviários fizeram duas assembleias nesta quarta-feira, na Quadra da Escola de Samba Novo Império. Segundo o Sindicato, nas duas votações, os rodoviários aprovaram a proposta apresentada pelo Ministério Público do Trabalho: aumento salarial de 3,04% mais R$ 1 a mais nos tíquetes alimentação. A proposta foi apresentada na audiência de conciliação às 8 horas de hoje.

Insatisfeitos com o resultado da votação, um grupo começou a protestar em frente à quadra da Escola de Samba, alegando ter maioria para rejeitar a proposta da justiça e aprovar a greve.

"Ninguém aprovou nada. De manhã foi a mesma coisa. Nós ganhamos e eles falaram que nós perdemos. Nós queremos um reajuste justo", disse um motorista.

Diante deste resultado, um grupo de rodoviários ameaça fechar a avenida em frente à Rodoviária de Vitória. Muitos deixaram a quadra da Novo Império protestando contra a decisão da assembleia.

Uma nova audiência de conciliação está marcada para as 17 horas desta quarta-feira, na sede do Ministério Pùblico do Trabalho.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS