X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Comerciantes reclamam da falta de rotativo em Vila Velha

Segundo lojistas da Glória, muitos carros permanecem na vaga durante todo o dia, o que dificulta a vida dos consumidores

Eduardo Maia, do Jornal A Tribuna | 04/08/2022 17:30 h

Parquímetro em Vila Velha
Parquímetro em Vila Velha |  Foto: Parquímetro Adessandro Reis/pMVV
 

Os lojistas do Polo de Moda da Glória, em Vila Velha, estão se queixando  da falta de estacionamento rotativo na região. O contrato da empresa que fornecia o serviço para a prefeitura  terminou em dezembro de 2021 e, até o momento, não houve implantação de um novo sistema. 

Desde que os parquímetros deixaram de funcionar na região, não tem sido cobrado nenhum valor de estacionamento. Com isso, muitos carros acabam permanecendo na mesma vaga durante o dia, prejudicando  outros clientes.

De acordo com o diretor da Associação dos Lojistas da Glória, Vinícius Loureiro, é preciso que o sistema rotativo volte ao bairro. 

“É uma ferramenta importante. Os clientes precisam ter suas vagas garantidas na região. Por isso, precisamos do rodízio. Logo pela manhã não é possível encontrar vagas”, afirmou.

Vendas

A lojista  Amel Aboul afirma que o problema das vagas também vem provocando  queda nas vendas. “Nós chegamos a registrar pelo menos 40% de prejuízo desde que o serviço do estacionamento rotativo foi interrompido”, disse.

Os comerciantes contaram que, em maio deste ano, houve uma reunião com a Secretaria de Defesa Social e Trânsito de Vila Velha, quando foi dito que até setembro o novo sistema estaria funcionando. 

Vinícius Loureiro argumenta que não acredita que será possível cumprir este prazo. 

“Depois que a população aprovar o projeto, ainda precisará passar por votação pela Câmara de Vereadores. É improvável que volte a funcionar em setembro”, pontuou.

O trânsito na região também vem sendo prejudicado pela falta do estacionamento rotativo. É o que conta Antônio Rocha, proprietário de uma loja de moda feminina.

“O trânsito na Glória é constante. Os carros ficam rodando  pelas ruas  até encontrar alguma vaga. Sempre quando um cliente entra na loja, chega reclamando que acabou perdendo muito tempo”, explicou.

Os lojistas Vinícius Loureiro,   Amel Aboul e  Antônio Rocha defendem a volta dos parquímetros
Os lojistas Vinícius Loureiro, Amel Aboul e Antônio Rocha defendem a volta dos parquímetros |  Foto: Douglas Schineider/AT
 

O cliente Rodrigo Pacheco, de 49 anos, confirma a dificuldade e diz  que sempre passa por  dor de cabeça na hora de  estacionar.

“Venho todo mês à Glória. É um caos conseguir vaga. O parquímetro era importante porque garantia que existiria rotatividade”, argumentou.

ENTENDA

Opção de pagamento via Pix

Fim do contrato

O sistema de estacionamento rotativo de Vila Velha foi encerrado no dia 16 de dezembro de 2021.

O contrato estava vigente há 10 anos. A prefeitura preferiu não renovar, alegando que um sistema mais moderno seria planejado e oferecido posteriormente à população.

Foi divulgado, inicialmente, que o novo sistema seria implantado ainda em 2022. 

Problemas

De acordo com comerciantes do  Polo de Moda da Glória, desde que os parquímetros pararam de funcionar na região, os clientes têm enfrentado dificuldades para estacionar e  fazer  compras no local. 

A associação dos Lojistas da Glória afirma que existe prejuízo de até 40% nas vendas desde que o estacionamento rotativo foi encerrado.

O valor cobrado aos motoristas antes do vencimento do contrato era de R$ 1,30 por 30 minutos  e R$ 3,80 por 3 horas, tempo máximo permitido para a mesma vaga.

Sugestões

Segundo clientes e lojistas do Polo de Moda, é preciso que o novo sistema de parquímetro chegue com formas modernas de pagamento, como a ferramenta Pix. 

dizem que poucas pessoas têm ido às compras com moedas e que a tendência é a realização de pagamentos digitais.

O OUTRO LADO

Novo projeto está sendo elaborado

Questionada sobre a interrupção do serviço e possíveis prazos para a volta dos parquímetros, a Prefeitura de Vila Velha enviou uma nota para A Tribuna.

Segundo o órgão, o contrato de concessão de estacionamento rotativo chegou ao prazo de vencimento. Não foi renovado para atualizar o serviço com adequações e modernização para atender melhor ao cidadão. No momento, está sendo elaborado o novo projeto, que será apresentado à população.

A prefeitura diz ainda que é uma ótima ferramenta de democratização da utilização do espaço público e, desde a  implantação, proporciona aos usuários melhor mobilidade nos locais existentes. 

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS