X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Após críticas por aparência, marido “Diabão” defende “Mulher Demônia”

| 05/10/2020 12:30 h

Casal está junto há 11 anos
Casal está junto há 11 anos |  Foto: Acervo pessoal
O casal “Diabão” e “Mulher Demônia” chama a atenção nas redes sociais pelas aparências transformadas. Os dois, que vivem em Praia Grande, São Paulo, são modificadores corporais e garantem que “são extremamente felizes por viverem dessa forma”.

Em entrevista ao G1, Michel Praddo, 44 anos, defendeu a mulher, Carol Praddo, 35, das críticas que recebeu. Os dois estão juntos há 11 anos.

“Essa galera ignorante sempre vai existir, não é? Eu tenho aprendido a ignorar, não por ser evoluído, mas porque já me causou muito mal. Me incomoda, mas não em relação ao pensamento contrário, a desaprovação ou quando a pessoa expõe seus pensamentos, mas pela falta de respeito. É ruim quando as pessoas são agressivas e te diminuem ou julgam pela aparência”, disse Diabão.

A Mulher Demônia tem 60% do corpo tatuado, chifres na testa, divisão da língua, dentes com coroas metálicas e olhos pigmentados.

Já Diabão tem 85% do corpo modificado. Além das tatuagens e chifres, ele tem dentes alongados e remoção das orelhas e nariz.

“As coisas foram acontecendo, se mesclando, e hoje vemos que somos mesmo almas gêmeas. Sou muito grato a Deus pela família e pelo meu casamento. Poucos têm essa chance. Talvez, em vez de julgar, eles devessem aprender sobre o que é amor, o que é família”, explicou Michel ao G1.
 

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS