Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Apenas uma cidade na Grande Vitória ainda não definiu sobre aulas presenciais

| 15/10/2020 17:46 h | Atualizado em 15/10/2020, 18:49

Imagem ilustrativa da imagem Apenas uma cidade na Grande Vitória ainda não definiu sobre aulas presenciais

As escolas municipais estão autorizadas a retornar com aulas presenciais no Espírito Santo, mas a maioria das prefeituras optou por não reabrir os colégios para a volta dos alunos.

Na Grande Vitória, cerca de 240 mil alunos já sabem que não retornam mais para as salas de aula em 2020. Dos sete municípios, apenas um ainda não definiu o que vai fazer.

A Prefeitura de Viana, que conta com 39 escolas e 13.260 estudantes, informou na tarde desta quinta-feira (15) que “ainda não há uma definição quanto ao retorno ou não das aulas presenciais. A prefeitura segue avaliando junto à comunidade escolar”.

Vitória e Vila Velha informaram nesta quarta-feira (14) que os alunos de 204 escolas e creches das duas cidades só vão voltar às salas de aula em 2021. Os municípios decidiram manter as atividades remotas. Na Capital, são 45.300 alunos e em Vila Velha, 52 mil estudantes. Cada cidade tem 102 unidades escolares.

Já as prefeituras de Cariacica, Serra, Guarapari e Fundão também tomaram essa decisão nas últimas semanas. Na Serra são mais de 70 mil alunos em 141 unidades escolares. Em Cariacica, 47 mil estudantes em 112 escolas. Guarapari conta com uma rede de 64 colégios e 22 mil alunos. Fundão tem 3 mil estudantes em 13 unidades educacionais.


VEJA A DECISÃO DE CADA MUNICÍPIO


Vitória

  • Anunciou nesta quarta-feira (14) que, após uma pesquisa realizada junto às famílias e à comunidade escolar acerca do cenário de volta às atividades presenciais nas unidades de ensino da rede municipal, optou, por enquanto, em manter as atividades remotas e não presenciais.
  • A secretaria Municipal de Educação identificou que 80% das famílias, tanto de estudantes da educação infantil quanto do ensino fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA), manifestaram-se contrárias à volta das atividades escolares presenciais.
  • Essas famílias, de acordo com a prefeitura, registraram que não enviariam seus filhos para frequentar as aulas por revezamento, considerando a situação da pandemia do coronavírus e o fato de restarem pouco mais de 20 dias letivos para a conclusão do ano escolar.
  • A secretaria reforçou, ainda, que as atividades remotas continuarão sendo realizadas por meio da plataforma AprendeVix e das atividades impressas disponibilizadas pelas unidades de ensino.
  • A rede tem hoje 45.335 alunos, em 102 unidades de ensino.

Vila Velha

  • Informou que encerrou o processo de ampla consulta à comunidade escolar. Foram feitas reuniões virtuais com diretores, pais representantes nos Conselhos Escolares das cinco regiões de Vila Velha, membros do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Espírito Santo (Sidiupes) e Conselho Municipal de Educação em que todos puderam externar suas posições.
  • Sendo assim, o município anunciou que mantém a suspensão das atividades presenciais em toda a rede.
  • A Secretaria Municipal de Educação reforçou que manterá o ensino remoto e já trabalha, para 2021, com a perspectiva do ensino híbrido.
  • A rede possui cerca de 52 mil alunos e 102 unidades de ensino.

Serra

  • O município decidiu na última semana manter o ensino remoto para mais de 70 mil alunos das 141 unidades até o fim do ano, após fazer uma pesquisa com pais de alunos.
  • A pesquisa ouviu 21.598 pessoas, entre a comunidade escolar e pais. Dos responsáveis por estudantes do ensino fundamental, 86,2% foram contra o retorno presencial.

Guarapari

  • Anunciou também na última semana a suspensão das aulas presenciais nas escolas municipais até o fim do ano.
  • Uma pesquisa foi feita com professores e pais de alunos das 64 escolas municipais. Ao todo, 88,5% dos consultados foram contra o retorno das aulas presenciais este ano.

Cariacica

  • O município também já havia anunciado que manteria o ensino remoto até o fim do ano.
  • Ao todo, 19.548 pais de alunos participaram de uma pesquisa feita pelo município. Desses, 87% não concordaram com o retorno do ensino presencial para este ano.
  • Cariacica tem 112 escolas da rede municipal e 47 mil alunos matriculados.

Fundão

  • Já havia anunciado nas últimas semanas que não retomará o ensino presencial em 2020. O município também desenvolveu uma pesquisa com as famílias de alunos. Como resultado, 86% dos pais de alunos optaram pelo não retorno das aulas presenciais.  
  • Em Viana, são 13 escolas municipais, que recebem 3 mil estudantes. 

Viana

  • Informou na tarde desta quinta-feira (15) que ainda segue avaliando junto à comunidade escolar a possibilidade de retorno das aulas presenciais na rede municipal de ensino em 2020.
  • No município são 13.260 estudantes matriculados em 39 unidades.
Fonte: Prefeituras da Grande Vitória.
Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS