X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Amor de verão que vira casamento

| 01/02/2020 19:47 h | Atualizado em 01/02/2020, 19:59

Contrariando o ditado de que “amor de verão não sobe a serra”, casais que se conheceram na estação mais quente do ano provam que o amor não só tem força para subir a serra, mas para se manter firme ao longo da vida.

São pessoas que foram surpreendidas com a cara-metade no momento em que pensavam em curtir as férias, uma viagem ou até uma competição esportiva.

É o caso da psicóloga Aline Hessel, 39, e do biólogo Felipe Mello, de 41. O Carnaval de 2007 mudou para sempre a vida deles. Foi na folia que o casal se conheceu.

De lá para cá, são 13 anos juntos, e dois filhos: Marina, de 5 anos, e Théo, de 3. Naquele ano, os dois decidiram curtir a folia em Caraíva, na Bahia. Ela partiu de São Paulo, onde morava, com um grupo de amigas, e ele de Vila Velha, também com um grupo de amigos.

Felipe e Aline, com os filhos Marina e Théo: casal se conheceu durante o Carnaval, em Caraíva, Bahia, em 2007
Felipe e Aline, com os filhos Marina e Théo: casal se conheceu durante o Carnaval, em Caraíva, Bahia, em 2007 |  Foto: Leone Iglesias/AT

Foi na terça-feira de Carnaval que eles se conheceram. Aline lembrou que começaram a conversar na praia. “Eu entrei no mar sozinha e ele, sozinho também. Lembro que a gente começou a conversar e ficou um tempão dentro da água batendo papo”.

Segundo Aline, como a cidade é pequena, a maioria dos turistas frequentava os mesmos lugares à noite. “Fui com as minhas amigas para o forró e lá demos de cara com Felipe e os amigos dele. Daí a gente começou a conversar novamente e, de repente, aconteceu o beijo”.

Os dois ainda permaneceram no local por dois dias, e não se desgrudaram mais. Trocaram e-mail e telefone e cada um seguiu seu rumo.

“Quando ele foi embora, eu tinha certeza de que voltaríamos a nos falar. Poucos dias depois, eu mandei um e-mail para ele já me declarando. Disse que gostaria de continuar a ficar com ele e pedi uma resposta. Ele respondeu que queria o mesmo. Dali mesmo já comecei a ver passagem para vir encontrá-lo”, afirmou.

Depois de vindas dela para o Espírito Santo e de idas dele para São Paulo, Aline decidiu pedir demissão do trabalho e vir de vez para Vila Velha em dezembro do mesmo ano.

“Ele foi passar o Natal em São Paulo, com minha família, e depois viemos de vez para cá no meu carro”.

Para a psicóloga Juliana Andrade, independente da estação em que se conheceram, os casais precisam querer fazer dar certo, ceder e encarar a rotina com leveza para fazer o relacionamento ir em frente e durar muitos verões.

Da paquera ao altar

Juliana Emanuele Prado Martins Costa, 38 anos, e André Cypriano Costa, 37.
Juliana Emanuele Prado Martins Costa, 38 anos, e André Cypriano Costa, 37. |  Foto: Fábio Nunes/AT
Pelas trilhas da paixão

A engenheira civil Juliana Emanuele Prado Martins Costa, 38 anos, e o cientista da computação André Cypriano Costa, 37, se conheceram no verão de 2005, durante uma competição de trekking (tipo de caminhada em meio a trilhas naturais) em Alfredo Chaves, região Serrana do Estado.

André lembra bem como tudo aconteceu e contou que a iniciativa de engatilhar o relacionamento partiu de Juliana. “Logo depois, nos encontramos e rolou o primeiro beijo. Desde então, não nos separamos mais. Ficamos noivos em 2009 e nos casamos dois anos depois. Lá se vão 15 anos juntos”.

Desse amor, nasceu Jasmim Prado Costa, hoje com 3 anos.

Gabriela Loureiro Barcelos, de 26 anos, e Vinícius Caus Couto, 28.
Gabriela Loureiro Barcelos, de 26 anos, e Vinícius Caus Couto, 28. |  Foto: Fábio Nunes/AT
Bloco de Carnaval

A professora Gabriela Loureiro Barcelos, de 26 anos, e o programador Marcos Vinícius Caus Couto, 28, trocaram os primeiros olhares durante um bloco de Carnaval na Rua da Lama, em Jardim da Penha, Vitória, em 2014.

“Na verdade, eu tinha visto o Marcos num bar, dias antes, mas a gente não se falou. Foi no bloco que a gente de fato se encontrou e acabou ficando junto. Desse dia em diante, curtimos todos os bloquinhos juntos”, contou Gabriela.

Os dois se casaram em 2018 e agora se preparam para curtir os blocos do próximo Carnaval, como todo ano.

Nathália Marques Martins, de 25 anos, e Wilber Pereira Sobreiro.
Nathália Marques Martins, de 25 anos, e Wilber Pereira Sobreiro. |  Foto: Acervo pessoal
Sete anos juntos

A assistente de marketing Nathália Marques Martins, de 25 anos, e o administrador Wilber Pereira Sobreiro, de 28 anos, se conheceram em 2008, por meio de uma amiga dela. Mas foi só no verão de 2013 que eles realmente decidiram virar um casal.

“Ficamos juntos uma semana antes do Carnaval e eu estava preparada para viajar e curtir a folia. Pois ele foi e ainda dormiu no carro, tudo para ficar perto de mim. Hoje estamos casados e felizes”, disse Nathália.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS