X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Cidades

Alerta para enchentes: Rio Itapemirim sobe 2 metros no Sul

De acordo com o Incaper, já choveu em Cachoeiro 37% da média normal prevista para todo o mês de janeiro


Imagem ilustrativa da imagem Alerta para enchentes: Rio Itapemirim sobe 2 metros no Sul
Rio Itapemirim antes e depois que o nível subiu após as chuvas. Situação preocupa moradores ribeirinhos |  Foto: Clóvis Rangel

Cerca de um mês após o rio Itapemirim, em Cachoeiro, registrar queda de vazão de 5% por causa da seca, o nível da água subiu mais de 2 metros e o município agora está em alerta por causa da chuva que atinge várias cidades da Região Sul do Estado desde o início do mês.

De acordo com a Defesa Civil da cidade, o nível de água subiu 2,25 metros até o início da tarde de ontem. As informações estão disponíveis no portal da prefeitura.

Segundo o Incaper, já choveu em Cachoeiro 37% da média normal prevista para o mês de janeiro. A média mensal de chuva em janeiro no município é de 142 mm (1 mm de chuva equivale a 1 litro de água por metro quadrado).

Até ontem, já choveu 52 mm, ou seja, 37% do previsto para todo o mês.

Em nota, a Prefeitura de Cachoeiro revelou que não registrou feridos ou moradores desalojados até o fechamento desta edição.

Ainda no Sul do Estado, em Muniz Freire um braço de um rio subiu no distrito de Menino Jesus e alagou as ruas, deixando uma pessoa desalojada.

De acordo com a prefeitura, o rio subiu quatro metros. Equipes da Defesa Civil e da Secretaria de Obras do município atenderam a ocorrência.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Na ES-181, rodovia que liga o centro de Muniz Freire ao distrito de Piaçu, alguns pontos foram afetados por quedas de barreiras, mas já foram desobstruídos.

Já na Região do Caparaó, o rio Braço Norte Direito, em Ibitirama, transbordou e chegou a 6,7 metros no início da noite de quinta-feira, segundo a coordenação da Defesa Civil do município.

Por causa disso, a prefeitura divulgou um alerta sobre chuvas intensas, informando risco iminente de inundações e deslizamentos de terra. Em situações de emergência, a população deve entrar em contato com a Defesa Civil.

A Defesa Civil Estadual revelou que os municípios mais afetados pelas chuvas de quinta para ontem foram São José do Calçado, Apiacá e Irupi, no Sul do Estado, com São José do Calçado liderando em volume de chuva com 90,4 mm.

SAIBA MAIS

O tempo hoje

Na Grande Vitória, variação de nuvens e previsão de chuva em alguns momentos.

Na Região Sul, muitas nuvens e previsão de chuva em alguns momentos. Vento moderado pelo litoral.

Na Região Serrana, muitas nuvens e previsão de chuva.

No Região Norte, tempo encoberto e previsão de chuva.

O tempo amanhã

Na Grande Vitória, variação de nuvens e previsão de chuva em alguns momentos. Vento moderado pelo litoral.

Na Região Sul, variação de nuvens. Previsão de chuva em alguns momentos, sendo esperadas trovoadas nos trechos mais afastados do litoral. Vento moderado no trecho litorâneo.

Na Região Serrana, variação de nuvens. Previsão de chuva, sendo esperadas trovoadas próximo à divisa com Minas Gerais.

Na Região Norte, variação de nuvens e previsão de chuva.

Fonte: Incaper.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: