search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Cidadania ativa é o caminho
Tribuna Livre

Cidadania ativa é o caminho

O mundo está mudando, as pessoas já não aceitam mais ser espectadoras da cena política, o incômodo parece ser geral, corações e mentes em franco processo de transformação.

Parece desordem, fim dos tempos. Nada disso! É o cidadão se dando conta da sua importância no processo de construção de uma sociedade.

O movimento da cidadania ativa cresce no mundo inteiro e ele quer mostrar que não basta mais amar o lugar onde se vive, é preciso interferir nas decisões de governo pelo bem-estar social.

Se os políticos não fazem o seu dever de casa, o povo precisa ensiná-los a fazer a coisa certa. Só reclamar não basta, apontar o dedo na direção do outro é improdutivo, desnecessário.

Um cidadão ativo não pergunta o que um governo ou uma nação pode fazer por ele, mas o que ele pode fazer pela sua cidade, pelo seu estado e o seu país.

O mundo mudou, não vale mais a pergunta: Por que esse sofrimento em minha vida? E sim: O que eu posso fazer para mudar isso?

O ser humano pode tudo! Basta lembrar que fomos criados à imagem e semelhança de Deus, portanto, temos poderes ilimitados, basta acioná-los.

Somos maiores e melhores do que imaginamos, só precisamos acreditar no que a Física Quântica está falando para o mundo já faz algum tempo: somos partículas de energia, conectadas à Energia Maior que rege os planetas e as galáxias.

Nossos pensamentos, sentimentos e ações criam a realidade que desejarmos. Traduzindo, chega-se ao que a sabedoria popular ensina: querer é poder.

Do esforço de um, nasce o bem-estar e a felicidade de todos, essa é a essência no movimento de Cidadania Ativa, que, em sociedades politicamente mais avançadas do que a nossa, é considerado o quinto poder.

Os cidadãos têm não só o poder de fiscalizar os poderes (Executivo, Legislativo, Judiciário e Mídia), mas também de participar ativamente de todas as decisões que dizem respeito ao coletivo.

A cidadania ativa é um escudo poderoso contra a opressão, a demagogia, a corrupção e a impunidade.

O sistema gosta de pessoas passivas, sem informação, doentes e frágeis, porque os ativos, os bem informados e os fortes são uma ameaça constante para o político tipo pavão, que adora os aplausos das multidões inconscientes.

Repare que, quando um político pavão inaugura uma obra, ele se sente fazendo uma imensa caridade, parece estar nos dando um presente, quando na verdade não faz nada além da sua obrigação de gestor do dinheiro público.

Não se trata de generosidade com o coletivo, mas de obrigação e responsabilidade.

Por isso é tão importante que toda sociedade e os setores produtivos, não gastem sua inteligência apenas para a obtenção de lucro, mas também em investimentos na formação de cidadãos ativos e não apenas uma meia dúzia de aliados, ou melhor, de pessoas que, por interesses pessoais, se especializaram em falar amém tanto para o certo quanto para o errado.

Claro está que não é a sociedade que muda, são os indivíduos. A transformação social começa de verdade é na coragem individual de cada cidadão ativo.

Evilasio Costa é empresário, administrador de empresa e palestrante motivacional

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

Meditação é de graça e fácil

Li outro dia uma coisa engraçada sobre a meditação, mas que traduz uma grande verdade: “Se correr o bicho pega; se ficar o bicho come; se meditar o bicho some”. Sim, o bicho some completamente …


Exclusivo
Tribuna Livre

O uso da geointeligência no combate ao crime

Nas últimas décadas, a humanidade vivencia grandes invenções tecnológicas. Sua constante necessidade de compreender e ocupar o meio em que vive a obriga ter novos conhecimentos a sua disposição. …


Exclusivo
Tribuna Livre

Ionização negativa como cura e prevenção

Muitas pessoas não sabem, mas existe uma situação em que a palavra negativo se completa perfeitamente com a palavra positivo. Sim, quando falamos em íons negativos, que são partículas rápidas da …


Exclusivo
Tribuna Livre

Donald Trump, Brexit e eleições municipais

Nós, brasileiros, vivenciamos nas últimas eleições nacionais uma guinada política. Sem qualquer juízo de valor, destaco apenas que foi possível verificar nas urnas uma escolha da substancial maioria …


Exclusivo
Tribuna Livre

Depressão, um problema que não podemos ignorar

Um alerta da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontou que a depressão entre idosos lidera o ranking de novos diagnósticos. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelou, por …


Exclusivo
Tribuna Livre

Menos cortes e mais cultura

A cultura faz parte da estrutura identitária de um povo. É o elo de pertencimento do indivíduo com a coletividade, e deve ser tratada como política pública, de matriz constitucional. Se depender …


Exclusivo
Tribuna Livre

O julgamento do Tribuna do Júri

O primeiro imperador do Brasil, D. Pedro I, instituiu, em 1822, o Tribunal do Júri no Brasil, com competência exclusiva para julgar os crimes de imprensa. No ano de 1824, outorgou a primeira …


Exclusivo
Tribuna Livre

Tecnologia e o trabalho humano entre operadores do Direito

Sou um advogado em meio a 1,1 milhão de outros advogados espalhados pelo Brasil, aproximadamente. Frente a isso, temos ainda as tecnologias, robôs e equipamentos eletrônicos que tendem a ocupar força …


Exclusivo
Tribuna Livre

Constelação sistêmica familiar como uma ferramenta de cura

A constelação sistêmica familiar, organizacional e jurídica é uma ferramenta de cura desenvolvida por Bert Hellinger, que viveu muitos anos na África com os índios da tribo Zulu, onde estudou padrões …


Exclusivo
Tribuna Livre

Instituição do juiz de garantias não é garantia de nada

Nos últimos dias de 2019, tivemos a sanção da lei 13.964/19, mais conhecida como pacote anticrime, do ministro Sérgio Moro. Dentre os vários pontos da nova lei um tem merecido grande destaque por …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados