search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

"Chegou a solução", comemora a primeira a ser vacinada no Estado

Notícias

Publicidade | Anuncie

Coronavírus

"Chegou a solução", comemora a primeira a ser vacinada no Estado


A técnica em enfermagem Iolanda Brito, de 55 anos, é a primeira pessoa no Espírito Santo a receber a vacina contra o novo coronavírus (Foto: Beto Morais/AT)
A técnica em enfermagem Iolanda Brito, de 55 anos, é a primeira pessoa no Espírito Santo a receber a vacina contra o novo coronavírus (Foto: Beto Morais/AT)
A técnica de enfermagem Iolanda Brito, de 55 anos, é a primeira pessoa no Espírito Santo a receber a vacina contra o novo coronavírus. Ela é funcionária do Hospital Jayme dos Santos Neves, na Serra, e trabalha no local mais difícil do combate à pandemia: a UTI (Unidade de Tratamento Intensivo).

A técnica em enfermagem Iolanda Brito, de 55 anos, é a primeira pessoa no Espírito Santo a receber a vacina contra o novo coronavírus (Foto: Divulgação)
A técnica em enfermagem Iolanda Brito, de 55 anos, é a primeira pessoa no Espírito Santo a receber a vacina contra o novo coronavírus (Foto: Divulgação)
Casada e mãe de quatro filhos, Iolanda mora no bairro Parque Residencial Tubarão, na Serra. Ela conta que viu durante todos esses meses de pandemia muitas pessoas sofrerem e morrerem por causa do vírus e, nesta segunda-feira (18), ao receber a primeira dose destinada ao Estado, ela declara emocionada: "Chegou a solução".

"Fiquei muito emocionada ao saber que eu seria a primeira pessoa a ser vacinada no Espírito Santo. Orei e agradeci a Deus. Depois de contribuir em dias de lutas, agora eu vou ser uma das primeiras a tomar a vacina e viver dias de glórias. Não precisa ter medo de tomar vacina. Tem que ser feliz porque chegou a solução", declarou.

Iolanda há alguns anos trabalhava como auxiliar de serviços gerais. Em 2009, concluiu o curso de técnico em enfermagem e começou a trabalhar no Hospital Jayme.

"Fui direto para a UTI do hospital. Eu gosto de cuidar das pessoas. Trabalho desde o início em UTI e desde a pandemia estou na UTI. Vi muita gente perder a vida, muitos jovens. Não foi pouca gente. Agora estou feliz porque a vacina chegou".

Uma cerimônia para o início da vacinação acontece na noite desta segunda-feira no hospital e tem a presença do governador do Estado, Renato Casagrande.

A técnica de enfermagem Gabriela Fonseca e a enfermeira Caryne Neves foram as responsáveis por aplicar a vacina em Iolanda e em outras pessoas, todas profissionais de saúde.

Gabriela Fonseca e Caryne Neves vão aplicar a primeira vacina contra Covid-19 no Espírito Santo (Foto: Divulgação)
Gabriela Fonseca e Caryne Neves vão aplicar a primeira vacina contra Covid-19 no Espírito Santo (Foto: Divulgação)

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados