search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Celso Russomanno e a agenda de Bolsonaro
Coluna do Estadão

Andreza Matais e Marcelo de Moraes


Celso Russomanno e a agenda de Bolsonaro

Jair Bolsonaro apresentou uma agenda básica a Celso Russomanno para a eleição na capital paulista. O presidente gostaria de ver o deputado do Republicanos, se ele mantiver a decisão da candidatura (antecipada pela Coluna), defendendo bandeiras do “bolsonarismo 2.0” na campanha.

A receita eleitoral inclui discurso forte na segurança, na linha “bandido bom é bandido morto”, nos costumes, na defesa da “família” (contra o aborto, por exemplo) e pancada na “esquerda” (com o centro, claro, incluído), nos “comunistas” e nos “traidores do Bolsonaro”.

Vá... Estrategistas de Bolsonaro têm dito a Russomanno que, se adotar essa agenda, ele pode se considerar no segundo turno. Ah, também tem sido aconselhado a atacar a imprensa profissional e focar a campanha nas redes sociais.

...por mim. Se Russomanno topar, centrará fogo em Boulos, Jilmar Tatto, Márcio França e Bruno Covas pela esquerda e em Joice Hasselmann, ex-aliada do presidente, pela direita.

Ainda dá? A prioridade do Republicanos é oferecer a vice de Russomanno para uma composição com outro partido. Chapa pura, só se não tiver acordo mesmo. O problema é que há poucas opções disponíveis na praça nesta reta final das convenções partidárias.

Alvo I. A confirmação de mais uma candidatura Russomanno complica a vida de Covas no primeiro turno. A tendência é de que ele seja alvo de quase todos os candidatos, incluindo Andrea Matarazzo (PSD) e Filipe Sabará (Novo), críticos da administração do tucano na capital.

Alvo II. Por falar em Bruno Covas, o prefeito tem apanhado (de mata-mosquitos) nas redes sociais da zona oeste paulistana, tradicional reduto do PSDB. A região sofre com a infestação dos pernilongos oriundos do Rio Pinheiros.

Fechou. Marco DiPreto, jornalista e ativista do movimento negro, será o vice de Marina Helou em São Paulo. A Rede terá chapa pura na capital. Ele é porta-voz do partido no qual milita desde a fundação e foi membro do Conselho da Comunidade Negra do Estado e da Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial.

CLICK. O movimento DireitosJá! faz novo ato virtual pela democracia hoje, às 18h, com a participação, entre outros, do pensador português Boaventura Santos (foto).

Caçada I. O Movimento Popular Socialista do PSB enviou comunicado a todos os filiados do partido orientando que eles façam uma caçada a bolsonaristas dentro da legenda e os denunciem à direção partidária.

Caçada II. “Fiquem atentos a qualquer desvio político de qualquer candidato a vereador, vice-prefeito e prefeito em qualquer município do País ou a qualquer declaração de apoio a esse governo assassino por parte de qualquer candidato do PSB”, diz a nota.

Genérico. De acordo com o secretário do MPS, Acilino Ribeiro, a nota não é dirigida a nenhum candidato em específico, mas aos “grotões do País”.

Transição. A Secretaria de Governo da Presidência lança amanhã o Guia do Prefeito Mais Brasil com informações para as atuais administrações sobre como deixar a casa arrumada para os substitutos.

Histórico. O documento foi produzido pela Secretaria Especial de Assuntos Federativos da Segov. As orientações são gerais e específicas para os gestores, e não beneficiam candidatos ou partidos, diz o governo.

Pronto, falei!

A Receita, sob administração petista, forçou uma interpretação maluca da lei para perseguir as religiões cristãs por meio de tributação ilegal”

Marco Feliciano, deputado federal (Republicanos-SP)
 

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Coluna do Estadão

Conass encampa luta para manter novas UTIs

Com a Covid-19 dando sinais de desaceleração no País, estados e municípios se mobilizam para manter a estrutura de UTI (ou ao menos parte dela) criada na pandemia. De acordo com o Conselho Nacional …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Disputas e suspeitas na crise da Casa da Moeda

Em crise financeira e administrativa, a Casa da Moeda se tornou alvo de disputa interna no governo federal. Integrantes da ala militar entendem que a empresa passa por um processo de sucateamento e, …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Muda Senado reage ao avanço de manobra

O Muda Senado decidiu que não assistirá calado às manobras para permitir a manutenção de Davi Alcolumbre no comando da Casa O grupo coleta assinaturas em manifesto contrário à possibilidade de a …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Vacina neste ano vira ativo para João Doria

O anúncio de João Doria de que o estado de São Paulo deve receber em breve as doses da vacina chinesa coronavac movimentou os bastidores da política nacional, junto com a “saída do armário” da …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Ibope baixa bola na campanha dos tucanos

A pesquisa Ibope divulgada pelo Estadão ajudou as campanhas a montarem seus mapas da guerra neste início de disputa na capital paulista. No PSDB, a análise do copo “meio cheio” é de que o resultado …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Guedes vira antítese de Moro e de Mandetta

Militares do governo auxiliares diretos de Jair Bolsonaro se dizem bem impressionados com Paulo Guedes. Acham que o comportamento do ministro, mesmo com o cheiro do óleo quente cada vez mais …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Sinal amarelo nas eleições municipais

Analistas políticos, dirigentes partidários, autoridades da Justiça e candidatos começaram a ficar preocupados com a campanha eleitoral deste ano no País. Os três principais fatores: a pressão …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Parecer indica brecha para eleição das Casas

Até adversários de Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre viram na manifestação da AGU sobre a ação questionando a reeleição para o comando da Câmara e do Senado um atalho para a dupla do DEM se manter no …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Setor de eventos ainda esquecido por governos

Apesar de representar 5% do PIB nacional e empregar mais de 12 milhões de profissionais diretos e indiretos, o mercado de eventos está abandonado pelo poder público. Paralisado desde março e sem …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Renovação ainda em alta, indica pesquisa

A dois meses do primeiro turno das eleições, partidos tentam se balizar em um cenário de incertezas. Pesquisa realizada pelo Instituto Locomotiva, em parceria com a escola de formação do …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados