search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Casos de sexo em troca de lugar para morar aumentam durante pandemia

Notícias

Publicidade | Anuncie

Internacional

Casos de sexo em troca de lugar para morar aumentam durante pandemia


Uma pesquisa da Aliança Nacional pela Moradia Justa (NFHA) com mais de 100 grupos que lutam por moradia justa nos Estados Unidos relatou um aumento de casos de sexo em troca de lugar para morar durante a pandemia do novo coronavírus.

De acordo com a Reuters, 13% dos grupos relataram um aumento de denúncias de assédio sexual. Em um podcast no site da NFHA, uma das vítimas contou que “se eu não fizesse sexo com ele, ele me colocaria para fora”, sobre o proprietário do imóvel que a ameaçou de despejo.

 (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O sexo como forma de pagamento do aluguel também vem sendo investigado no Reino Unido, ainda segundo a Reuters. Até anúncios na internet oferecem acomodações sem aluguel em troca de sexo.

“Pessoas que são muito vulneráveis quando se deparam com um despejo, especialmente durante uma pandemia, às vezes elas enfrentam escolhas impossíveis”, disse Morgan Williams, conselheiro-geral da NFHA.

De acordo com a Reuters, os dados sobre esses casos são escassos. Especialistas em moradia afirmam que muitos abusos não são denunciados ou punidos.
 


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados