search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Casal é preso acusado de cárcere privado e maus tratos a uma criança de 7 anos

Notícias

Publicidade | Anuncie

Polícia

Casal é preso acusado de cárcere privado e maus tratos a uma criança de 7 anos


O pai e a madrasta de uma criança de sete anos de idade foram presos na manhã desta sexta-feira (22), no Residencial Jocafe, no bairro Santa Cruz, em Linhares, no Norte do Estado.

O casal, que não teve os nomes divulgados pela polícia para não expor a identidade da criança, é acusado de cárcere privado e maus tratos da vítima, que ficava presa dentro de um quarto, recebendo comida e água por um buraco aberto na porta do cômodo.

O casal foi preso durante uma mega operação denominada "Pacificação". (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
O casal foi preso durante uma mega operação denominada "Pacificação". (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
A informação é do delegado Fabrício Lucindo, chefe da 16° Delegacia Regional de Linhares (DRL). Ele disse que os dois acusados foram presos durante uma mega operação denominada "Pacificação" que teve por objetivo diminuir os índices de violência no município.

Segundo o delegado, houve nove prisões e 30 pessoas foram abordadas. A operação foi coordenada pela Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social, Polícia Civil e Polícia Militar e cumpriu 21 mandados de busca e apreensão, sete mandados de prisão de suspeitos de praticarem crimes de homicídios, porte ilegal de arma e tráfico de entropecentes.

"O melhor resultado para a Secretaria de Segurança Pública é a presença das polícias nas comunidades, atendendo às denúncias que são feitas. Nós estamos aqui para aproximar cada vez mais as polícias das comunidades”, disse o secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, Alexandre Ramalho, que participou da operação.

Em Sooretama, os policiais cumpriram dois mandados de prisão, sendo um preso pela prática de crime de tráfico de drogas e assossiação para o tráfico, e outro por lesão corporal, crime vinculado à lei Maria de Penha.

Já em Linhares, foram sete prisões e apreensão de um revólver. A polícia também aprendeu drogas e munições. Um dos presos é um homem que foi preso por crime de estupro de uma adolescente de 12 anos.

Já no bairro Interlagos, houve o cumprimento de um mandado de prisão de um homem acusado de tráfico de entorpecentes.

Fabrício Lucindo disse ainda que a operação contou com 126 policiais entre civis e militares da vários municípios do Norte capixaba, além de cães farejadores e um helicóptero no apoio das operações em terra.

Os presos foram encaminanhados para os presídios de Xuri, Penitenciária Feminina de Colatina e Penitenciária Regional de Linhares.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados