search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

VÍDEO | Capixaba da embaixadinha com gel sonha ser jogador de futebol

Notícias

Publicidade | Anuncie

Bombou na rede

VÍDEO | Capixaba da embaixadinha com gel sonha ser jogador de futebol


Mateus de Freitas, "o menino do gel" (Foto: Acervo pessoal)
Mateus de Freitas, "o menino do gel" (Foto: Acervo pessoal)
O auxiliar de farmácia Mateus de Freitas, de 17 anos, que viralizou na internet após publicar um vídeo fazendo embaixadinha com um pote de gel, contou que sonha em ser jogador de futebol.

O estudante, que está no terceiro ano do ensino médio, disse que já jogou em times de bairros, mas ainda não teve uma oportunidade no futebol. “É meu sonho. Fé em Deus que surja alguma proposta e a gente tem que abraçar qualquer oportunidade”, disse.

Morador de Jacaraípe, na Serra, Mateus contou que não esperava toda repercussão de uma situação que faz parte da rotina dele.

“Foi um gel que caiu. Já aconteceu algumas vezes, porém não foi gravado. Dessa vez foi tão natural, mas quando percebi que a câmera tinha filmado, botei a mão na cabeça e falei: ‘Nossa! Gravou!’”, lembrou.

Em menos de 24 horas, o auxiliar de farmácia viu seu vídeo rodar o mundo. “Postei no Twitter na quarta (23) e, no mesmo dia, tive 80 mil curtidas e 11 mil retweets. Ontem (24), resolvi postar no Instagram e vários perfis com milhares de seguidores repostaram. Tem gente me mandando mensagem do Uruguai, de Portugal, da Espanha e de outros países dizendo que o vídeo viralizou por lá também”, disse.

No Instagram, Mateus já conquistou mais de 3 mil novos seguidores e 35 mil visualizações no stories. “Vou tentar manter os seguidores, produzir conteúdo e aproveitar toda essa repercussão”, afirmou.

A mãe do adolescente disse que ainda não assimilou a fama instantânea do filho. “Nem deu tempo ainda de pensar. Foi tudo muito rápido! Estourou o vídeo, algo que não foi proposital. A gente fica meio assustada, mas hoje em dia o que manda é a internet”, comentou a professora Raquel Suellen de Freitas.
 


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados