search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Cão farejador ajuda polícia a encontrar uma tonelada de droga na BR-101

Notícias

Publicidade | Anuncie

Polícia

Cão farejador ajuda polícia a encontrar uma tonelada de droga na BR-101


A carga foi apreendida no km 414 da BR 101, na altura do município de Cachoeiro de Itapemirim, no sul do Estado (Foto: Divulgação/ PRF)
A carga foi apreendida no km 414 da BR 101, na altura do município de Cachoeiro de Itapemirim, no sul do Estado (Foto: Divulgação/ PRF)

Com a ajuda de um cão farejador, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na manhã desta segunda-feira (3), no posto da Safra, na BR 101, em Itapemirim, no Sul do estado, um carregamento com 1.004 quilos de maconha, distribuída em 887 tabletes.

A carga está avaliada em R$ 1 milhão. Essa foi a maior apreensão de maconha deste ano realizada pela PRF.

A ação ocorreu por volta de 8h30. A droga estava escondida no meio da carga de sucata de geladeira e outros materiais ferrosos em uma carreta Scania, que foi abordada pela PRF, com destino a Cariacica, durante uma fiscalização de rotina na rodovia.

A carga, segundo a PRF, vinha de Campo Grande-MS. O caminhoneiro de 43 anos foi preso, assim como o motorista de um Ford Fiesta que estaria fazendo o papel de batedor, ajudando a escoltar a carga. De acordo com o policial rodoviário Alexander Valdo Lemos, no decorrer da abordagem os policiais desconfiaram do veículo e fizeram perguntas ao caminhoneiro de 43 anos que aparentava muito nervosismo.

Os policiais, então, recorreram ao cão farejador Urbano, um pastor belga malinois, que indicou a presença de droga no caminhão.

Como havia muito peso, os policiais rodoviários solicitaram o apoio de uma empresa particular situada nas proximidades do Contorno, em Cariacica, e levaram a carreta para o local. Foi necessário o uso de uma garra mecânica para retirar as peças de sucata, para serem vistoriadas.

Segundo Valdo, a inspeção foi minuciosa. Os pacotes da droga estavam escondidas no interior das geladeiras e cobertos com entulhos diversos, com o objetivo de esconder a maconha.

A PRF explica que os cães farejadores ficam sediados em Bento Ferreira, em Vitória, mas tem escala semanal de fiscalização. Na segunda-feira (3), por coincidência, o cão Urbano estava na Safra em operação de rotina.

O material apreendido e os presos foram conduzidos para a Superintendência da Polícia Federal em Vila Velha.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados