search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Candidatos não desistem de estudar mesmo com a crise

Notícias

Economia

Candidatos não desistem de estudar mesmo com a crise


A recente suspensão das seleções estaduais e federais, a mudança nas regras e a demora na liberação de novos concursos públicos podem ter pego muitos candidatos de surpresa, que ficam frustrados sem novas vagas à vista.

Especialistas e educadores, porém, lembram que em momentos de crise os estudos dos concurseiros devem ser intensificados, e não deixados de lado.

Segundo o especialista em estratégia de concursos Gerson Aragão, o candidato que se prepara em momentos de crise sai na frente do outro, que só se prepara quando o edital é publicado.

“É preciso ser constante nos estudos, é necessário insistir e, acima de tudo, estudar com técnica. É claro que quando se tem um edital publicado, a motivação está lá em cima, porque o objetivo está mais próximo. Mas estudar com os concursos suspensos é extremamente necessário”, afirmou.

Gerson Aragão afirmou que a escassez de novas vagas não deve desanimar quem está em busca do sonho. (Foto: Acervo Pessoal)
Gerson Aragão afirmou que a escassez de novas vagas não deve desanimar quem está em busca do sonho. (Foto: Acervo Pessoal)

Esse é o caso da farmacêutica Caroline Azevedo. Ela conta que aproveitou o momento de quarentena em casa para pegar firme nos estudos, mesmo sem nenhum concurso à vista.

“Sei que uma hora ou outra o governo vai ter de abrir novas vagas, e também sei que quando essas vagas forem abertas, eu vou estar mais preparada, porque não vou esquecer o que estudei. O que eu estudei fica guardado e espero poder usar isso para minha vantagem”, declarou.


Aragão afirmou que a escassez de novas vagas não deve desanimar quem está em busca do sonho.

“Isso exige um esforço e a criação de hábito, além de técnicas para estudar, melhorar o desempenho nos estudos e ao mesmo tempo medir a sua evolução. A resiliência é uma das principais virtudes que devem ser cultivadas em um momento como esse. Parar os estudos agora só vai fazer o candidato perder o ritmo”, afirmou.

A diretora da Faculdade Saberes, que oferece cursos preparatórios para concursos, Alacir de Araújo, explicou que se preparar para as provas ou mesmo começar a estudar nunca é um desperdício de tempo, sempre vale a pena.

“O candidato só tem a ganhar estudando. Seja com edital publicado ou não, o conhecimento sempre vale a pena”, disse.

“É preciso ter o hábito de se planejar mesmo sem o edital”

José Quirino é professor da QC Concurso (Foto: Acervo Pessoal)
José Quirino é professor da QC Concurso (Foto: Acervo Pessoal)
Em períodos de crise e escassez de concursos, a melhor solução é estudar na esperança de que as vagas serão de fato reabertas em um futuro próximo.

“Muitos candidatos desistem nesse período. O fato de você continuar estudando vai te dar uma vantagem. Lembre-se que muitos concurseiros só começam a estudar com o anúncio do certame. São os famosos ‘fogo de palha’ que raramente têm capacidade para concorrer com quem se prepara por mais tempo”, afirmou o coach e professor Paulo Vargas.

O professor da QC Concursos, José Quirino, lembrou ainda que o hábito de estudar, de se planejar, sem edital deve ser frequente.

“Os candidatos do nosso Estado, infelizmente, possuem o hábito de só se estudar com edital aberto. Enquanto em outros estados se estuda sem ao menos ter notícias de edital. Os capixabas, muitas vezes, perdem oportunidades, chances reais, para outros estados. Estamos aos poucos quebrando essa cultura”, afirmou.

Ele também afirmou que “é preciso que o capixaba acredite mais nele e viaje para fazer provas a fim de aumentar a competitividade.”


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados