search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Candidatos a prefeito vão enfrentar o desemprego
Tribuna Livre

Candidatos a prefeito vão enfrentar o desemprego

São 12 milhões de desempregados no País. Um problemão que bate na porta dos governantes, mas essas batidas são sentidas mais severamente por várias famílias brasileiras, afligindo diferentes classes sociais.

Frente a essa realidade, estamos caminhando a passos largos para mais um pleito municipal e o desemprego será um importante tema de debate para os pré-candidatos a gestores.

Não adianta os futuros pretendentes a prefeitos jogarem para a “conta” do Estado ou da União a criação de novas frentes de trabalho, afinal, as prefeituras também possuem seus quinhões de responsabilidade.

Uma vez que, ao contrário do que muitos pensam, a política de renda e emprego é da alçada dos municípios, devendo ela ser praticada em comum com a União e estados.

A Constituição Federal apresenta o combate às causas de pobreza e fatores de marginalização (Art.23, X), por isso é imprescindível que haja política pública municipal que proporcione soluções para o desemprego.

Certamente, os números relacionados à população ativa e sem trabalho são os mais preocupantes, principalmente se refletirmos que, na segunda quinzena de janeiro deste ano, a Organização Internacional do Trabalho (OIT) divulgou uma pesquisa desanimadora, afirmando que a taxa de desemprego no País irá permanecer alta nos próximos cinco anos.

Aí, diante desse dado, se acharmos normal especialistas e executivos públicos não pensarem em projetos para pelo menos minimizar essa situação, então, “tá tudo errado... Pare o mundo que eu quero descer!”

Quando falamos do Espírito Santo, os números são conjuntamente cruéis. Por aqui, amargamos uma taxa de desemprego de 10,6%, ou seja, aproximadamente 230 mil pessoas encontram-se sem trabalho e, ainda, temos os desalentos, que são aqueles que perderam a esperança de ir em busca de oportunidades profissionais, esses são 35 mil. Essas informações do IBGE foram publicadas no fim do ano passado.

Após essa contextualização e retornando ao fato de que este ano teremos as eleições municipais, podemos citar ação interessante praticada nos Estados Unidos.

Lá, existem prefeituras que fazem uma verdadeira ponte entre a vaga de emprego e o cidadão desempregado. Cidades como Glendale (Califórnia), Seattle (Washington) e Dallas (Texas) possuem “canais” de emprego em seus próprios sites, não somente para imigrantes ou jovens à procura do primeiro emprego, mas para a população em geral.

Esses lugares possuem um setor nas prefeituras que cuidam desse segmento, já que a ideia é ampla: captar vagas, criar parcerias, fazer pré-seleção, etc.

Desse modo, hoje, um pré-candidato a prefeito precisa ter um “olhar de perto”, aproximar-se ao máximo dos anseios dos cidadãos.

Temas como saúde, educação, meio ambiente, saneamento básico são pautas em qualquer campanha municipal, porém, a criação de emprego é a “bola da vez”, pois já é um “calcanhar de Aquiles” das gestões atuais.

Aliás, abordar o assunto desemprego não é fácil, em razão de ser um revés que transcende ao econômico, trazendo consequências para muitos setores.

Giselle Barbosa é Jornalista, especialista em Marketing Político.
 

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

O poder da empatia na liderança e gestão de pessoas

Há mais de um ano enfrentamos mudanças drásticas na saúde, na economia, nas relações sociais e no cotidiano das empresas. Para além da adaptação aos novos formatos de trabalho – home office ou …


Exclusivo
Tribuna Livre

Psiquiatria humanizada é respeito, dignidade e cidadania

A psiquiatria vem se transformando ao longo dos anos, mas ainda existem muitas ideias distorcidas sobre transtornos psíquicos e tratamentos, o que impede muitos de buscar ajuda. Mesmo que hoje …


Exclusivo
Tribuna Livre

O trabalho dos garis é essencial para o bem-estar coletivo

Você já parou para pensar em como seriam as cidades, se não contássemos, no dia a dia, com o trabalho dos garis? A atuação desses profissionais reflete na saúde das pessoas, no potencial …


Exclusivo
Tribuna Livre

É preciso debater e aperfeiçoar a lei da alienação parental

Pouco se fala sobre a autoalienação parental em nossa sociedade. A alienação parental, em seu modelo clássico, é a interferência promovida por um dos genitores, avós ou detentores da guarda da …


Exclusivo
Tribuna Livre

Lei da Segurança Nacional para proteção e defesa

O plenário da Câmara dos Deputados deu início à votação do projeto que tipifica crimes contra o Estado Democrático de Direito e revoga a atual Lei de Segurança Nacional. A proposta tem cinco tipos de …


Exclusivo
Tribuna Livre

A sabedoria é uma bênção

O pensamento contemporâneo é formado a partir de várias informações difundidas por múltiplas plataformas, atingindo o público pela linguagem textual, imagética, e sobretudo, digital. A velocidad…


Exclusivo
Tribuna Livre

A saúde mental, a pandemia da Covid-19 e a psicofobia

Não é exagero prever que a nova pandemia será provocada pelos transtornos mentais. O mundo já está vivendo o colapso da saúde mental, que há tempos vinha se delineando e acentuou-se com a pandemia da …


Exclusivo
Tribuna Livre

A finalidade e os limites do governo civil

No século XVII, intensificaram-se os debates acerca da origem, finalidade e função precípua do governo. Em contraposição ao direito divino dos reis, filósofos como Thomas Hobbes e John Locke …


Exclusivo
Tribuna Livre

A tragédia silenciosa da educação brasileira na pandemia

A maior crise humanitária da nossa história geracional, a pandemia da Covid-19, parece ainda estar longe do fim. Segundo dados publicados no último dia 1º de maio pelo consórcio de veículos de …


Exclusivo
Tribuna Livre

A crise do oxigênio e as novas tecnologias durante a pandemia

Há mais de um ano, a relação das pessoas com a saúde não é a mesma. Há mais de um ano, a percepção das pessoas sobre a vida mudou. Uma crise sanitária sem precedentes vem transformando, mundo afora, …