search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Campanha acaba nesta terça, mas 227 mil não se vacinaram

Notícias

Publicidade | Anuncie

Saúde

Campanha acaba nesta terça, mas 227 mil não se vacinaram


Termina nesta terça-feira (30) a campanha de vacinação contra a gripe no Estado e cerca de 227 mil pessoas, do público-alvo, não se imunizaram. A meta é de 1.438.975 capixabas, de acordo com o Ministério da Saúde. Os dados parciais do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI), até ontem, indicavam 1.211.364 pessoas vacinadas.

A meta dada pelo Ministério da Saúde, de 90% de vacinação para os idosos e trabalhadores da saúde, foi superada no Espírito Santo, com 135,81% (503.533 vacinados) e 107,81% (107.328 vacinados), respectivamente.

“Fomos o primeiro estado brasileiro a atingir a meta, desde o dia 1 de junho. O Estado está, atualmente, em segundo lugar com 98,33% de cobertura total”, informou a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa).

Nos outros grupos, os números estão longe da meta de 90%, como as crianças com 69,10% (193.127 vacinadas), gestantes 60,89% (24.397 vacinadas), puérperas – mulheres que tiveram filhos há até 45 dias – 79,61% (5.242 vacinadas), indígenas 83,07% (3.848 vacinados) e adultos de 55 a 59 anos com 67,82% (110.690 vacinados).

O Estado e municípios seguem orientações do Ministério da Saúde, portanto, a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe não tem possibilidade de nova prorrogação do prazo.

Criança é vacinada (Foto: Rodrigo Gavini/ AT/ 12/05/2017)
Criança é vacinada (Foto: Rodrigo Gavini/ AT/ 12/05/2017)

Em Vitória, aproximadamente 118 mil pessoas foram vacinadas. Entre elas, 6 mil crianças menores de 6 anos, mil gestantes e 4 mil adultos de 55 a 59 anos.

No município de Vila Velha, 143.922 pessoas, que fazem parte do público-alvo, foram imunizadas. De acordo com os dados, os grupos prioritários estão com índices insatisfatórios na cobertura vacinal, variando entre 50% a 63%.

Em Cariacica, a Secretaria Municipal de Saúde informou que foram vacinadas 87.339 pessoas.
Na Serra foram aplicadas 129.719 doses da vacina entre os grupos prioritários. “Prevíamos vacinar 130 mil e já vacinamos até o momento 129.719 pessoas”, informou a Secretaria Municipal de Saúde.

O Ministério da Saúde não informou para quais grupos as vacinas serão destinadas, caso sobrem doses nesta terça.

Saiba mais

Vacinação na Grande Vitória
Vitória

  • Na Capital para se vacinar é necessário fazer o agendamento, através do site www.agendamento.vitoria.es.gov.br.
  • Há vagas disponíveis para todos os grupos prioritários.

Vila Velha

  • Drive-Thru no Shopping Boulevard, das 8h às 15h.
  • Centro municipal de Atenção Secundária, das 8h às 15h.
  • Ginásio Tartarugão, das 8h às 11h.
  • Ibes, na Escola Rosa Helena Frota Tristão, das 8h às 11h.
  • Vila Nova, no Centro Comunitário do bairro, das 8h às 11h.
  • Paul, na UMEF Graciano Neves, das 8h às 11h.
  • Santa Rita na UMEF Leonel Brizola, das 8h às 11h.
  • Cobilândia, na UMEF Paulo Maris Guia, das 8h às 11h.
  • Terra Vermelha, na UMEF Paulo Cesar Vinha - CAIC, das 8h às 11h.
  • Ponta da Fruta, no Posto da Polícia Militar, em Praia Rasa, das 8h às 11h.

Cariacica

  • A vacina está disponível nas unidades de Saúde, das 8h até as 15h, nos bairros Porto de Santana, Nova Brasília, Nova Rosa da Penha II, Cariacica Sede, Santa Fé, Santa Bárbara, Itaquari, Bela Aurora, Rio Marinho e Novo Brasil.

Serra

  • Para receber a vacina, os moradores do público-alvo podem buscar atendimento em qualquer uma das 39 Unidades de Saúde do município, das 7h às 16h30.

Quem pode se vacinar

  • O público-alvo da Campanha de Vacinação é formado por pessoas com mais de 60 anos, trabalhadores da área da saúde, profissionais das forças de segurança e salvamento, pacientes com doenças crônicas (hipertensão, diabetes, asma, entre outros), caminhoneiros, indígenas, crianças de 6 meses a menores de 6 anos incompletos, professores, pessoas entre 55 e 60 anos incompletos, gestantes e puérperas (mulheres que tiveram filhos há no máximo 45 dias).

Fonte: Sesa e prefeituras citadas.

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados