search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Cadela morre abraçada ao dono após infarto causado por fogos de artifício

Notícias

Publicidade | Anuncie

Bombou na rede

Cadela morre abraçada ao dono após infarto causado por fogos de artifício


 (Foto: Reprodução/Facebook)
(Foto: Reprodução/Facebook)
A Magui, uma cadela da raça bóxer, morreu abraçada a um de seus donos, após um ataque cardíaco causado pela queima de fogos de artifício.

O caso, que ocorreu no último sábado (14), viralizou e comoveu a população da Argentina. As informações são do Jornal Extra.

A família Modasjazh afirma que ainda tentou ligar para vários veterinários para atenderem a Magui, mas nenhum deles podia no momento.

A cachorrinha acabou não resistindo e morreu abraçada ao filho mais velho de Antonella Modasjazh.

Para desabafar sobre o drama vivido e homenagear a cadela, Antonella fez uma postagem no Facebook, mas o assunto só repercutiu quando a organização Amigos dos Animais Esquel (Adae) compartilhou a publicação com o relato.

 (Foto: Reprodução/Facebook)
(Foto: Reprodução/Facebook)

“Ela era nosso mascote amado!!! O nome dela era Magui e ela acabou de morrer. Ela era velhinha e tinha pavor de fogos. Não sabíamos onde mais colocá-la enquanto os outros se divertiam, ela estava tendo um momento difícil. Um ataque a pegou, ligamos para todos os veterinários para nos ajudar e nenhum atendeu! A cachorra morreu nos braços do meu filho, enquanto ele implorava que eu chamasse alguém para ajudá-la”, diz parte da publicação.

A Adae aproveitou o post para alertar as pessoas sobre os cuidados que os animais necessitam nessa época de festas de final de ano. “Sua diversão a atordoou, aterrorizou, gerou um pânico inexplicável. Sua diversão a matou. Magui morreu nos braços de seu dono. Sua família estava desconsolada, perturbada, impotente diante de tal injustiça”.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados