X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Brasil

Turista é espancado e morto em Cabo Frio após desentendimento com barraqueiros

Pelo menos 15 homens espancaram a vítima com um pedaço de madeira


Um turista foi morto a pauladas em Cabo Frio, no Rio de Janeiro, após um desentendimento com barraqueiros em uma praia no último sábado (10). Segundo a Polícia Civil, a família afirmou em depoimento que as pessoas que trabalhavam nas barracas do local já estariam incomodadas com a presença de Rodrigo Canust Pereira antes mesmo do crime. Isso porque o turista estava ocupando a faixa de areia com guarda-sol e cadeiras próprias e não alugando os objetos nas barracas.

A confusão começou efetivamente quando um familiar que acompanhava o turista, acidentalmente derrubou um guarda-sol que pertencia aos barraqueiros do local. Na sequência, pelo menos 15 homens começaram a espancar Rodrigo com um pedaço de madeira.

Inicialmente, a ocorrência foi atendida pela Polícia Militar (PM) que fazia patrulhamento na região. Ao identificarem uma confusão, os policiais se aproximaram e encontraram a vítima desacordada com ferimentos na cabeça. A morte foi constatada no Hospital Central de Emergência (HCE) para onde o turista foi encaminhado pelo Corpo de Bombeiros.

De acordo com a Polícia Civil, que conduziu o caso, três homens foram detidos e autuados em flagrante pelo crime de homicídio qualificado por motivo fútil e o caso encaminhado à Justiça.

Rodrigo morava em Queimados, na região metropolitana do Rio de Janeiro, e estava em Cabo Frio para o feriado de carnaval. O corpo foi enterrado na segunda-feira (12).

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: