X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Brasil

Trem que vai até o aeroporto de Guarulhos deve ter extensão, diz governo de SP


A Linha 13-Jade da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) deve ganhar mais 15 quilômetros e seis novas estações, segundo prevê o plano de concessão anunciado pelo governo de São Paulo. A ideia é criar uma ligação férrea de Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo, até o centro paulistano.

A Linha 13-Jade opera entre o Aeroporto Internacional de Guarulhos e a Estação Engenheiro Goulart, na zona leste. O objetivo é que uma parceria público-privada (PPP) permita sua ampliação, com investimento de R$ 2,5 bilhões nessa linha.

O plano é de quatro novas estações no sentido Guarulhos: Jardim dos Eucaliptos, São João, Jardim Presidente Dutra e Bonsucesso. Essa é umas das regiões mais populosas do município. Já no sentido centro haverá duas novas estações: Cangaíba e Gabriela Mistral.

"As futuras estações Cangaíba e Gabriela Mistral são importantes porque, além de conectar a Linha 13-Jade com a 12-Safira, vão permitir ligar a região de Bonsucesso à Linha 2-Verde do Metrô, que será expandida de Vila Prudente até Penha e de Penha até Dutra, em Guarulhos, passando por Gabriela Mistral", afirmou Augusto Almudin, diretor de Assuntos Corporativos da Companhia Paulista de Parcerias (CPP).

Segundo o governo, a Linha 13-Jade da CPTM funciona, na região de Guarulhos, com cerca de 20 minutos de intervalos entre os trens. Com a concessão, a expectativa é de que esse tempo seja reduzido para 15 minutos.

Já o serviço Expresso Aeroporto, que hoje funciona de hora em hora, vai passar a operar a cada 30 minutos, prevê o governo.

O Programa de Parcerias de Investimentos do Estado (PPI-SP) qualificou as linhas 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade da CPTM para serem concedidas à iniciativa privada, em um lote chamado Alto Tietê.

O plano inclui a construção de dez novas estações, a adequação e reconstrução das existentes, além da requalificação da infraestrutura e sistemas. O empreendimento deve atender a zona leste, região com mais de 4,6 milhões de habitantes e grande déficit de transporte.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: