X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Brasil

Tornados de menor intensidade atingem ao menos duas cidades do Rio Grande do Sul

Nos registros, moradores parecem surpreendidos com a força dos ventos


Tornados de menor intensidade foram registrados em ao menos dois municípios do Rio Grande do Sul na tarde de sábado, 11, em Cambará do Sul e Gentil, no norte do Estado. Não há registros de feridos e mortes até o momento.

Imagens compartilhadas em redes sociais mostram a formação dos redemoinhos em bairros pouco urbanizados. Nos registros, moradores parecem surpreendidos com a força dos ventos.

Segundo a Prefeitura de Cambará do Sul, o tornado destelhou casas e trouxe outros danos a imóveis no bairro Vila Santana. "Estamos trabalhando junto à Defesa Civil para fornecer telhas o mais rápido possível", diz comunicado.

Embora não esteja entre os principais afetados pelo desastre ambiental que deixou o Estado em calamidade, o município também tem vivido impactos diante dos diversos bloqueios em estradas e outros acessos em cidades vizinhas. A situação tem dificultado a coleta de lixo e outros serviços.

De acordo com a MetSul, o tornado está ligado a um corredor de vento forte criado em meio ao avanço de uma frente fria. "Cria-se uma situação em que ventos sopram em sentidos divergentes na parte baixa da atmosfera e isso favorece a formação de tornados", explica.

Ambos os municípios estão entre os 445 afetados pelo desastre ambiental no Rio Grande do Sul, mas em menor gravidade que em outras localidades. Ao todo, mais de 2,1 milhões pessoas foram diretamente afetadas no Estado - que está em alerta diante da elevação de rios e novos deslizamentos e enchentes neste fim de semana.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: