X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Brasil

Região Sul tem novo alerta para tempestades e vendavais nesta sexta


O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) alerta para o risco de chuvas fortes, tempestades e vendavais no Sul do País para esta sexta-feira, 24. Ao todo, o instituto emitiu quatro alertas para a região, classificados como de "perigo" ou de "perigo potencial".

De acordo com o Inmet, uma área que abrange a metade norte do Rio Grande do Sul, praticamente todo Estado de Santa Catarina e boa parte do sudoeste do Paraná apresenta risco de tempestades e chuvas que podem chegar a 60 milímetros em uma única hora, com acumulado alcançando os 100 mm ao longo do dia. Há também possibilidade de queda de granizo. O alerta é válido até às 10h da manhã desta sexta-feira.

O instituto também emitiu alerta de perigo para ventos costeiros, válido para todo o Rio Grande do Sul e parte de Santa Catarina. O comunicado cita possibilidade "intensificação dos ventos nas regiões litorâneas, movimentando dunas de areia sobre construções na orla". O alerta é válido para toda a sexta-feira.

Ainda de acordo com o Inmet, há "perigo potencial" de chuvas e ventos intensos na metade sul do Rio Grande do Sul, com acumulado de 50 mm ao longo do dia, e de vendavais na região oeste do Estado.

Na quinta-feira, a Defesa Civil gaúcha emitiu uma série de alertas em diferentes regiões apontando para o risco de chuva forte e inundações. No início da madrugada, o órgão disparou alerta de evacuação para um bairro de Cruzeiro do Sul - município fortemente castigado pelas enchentes, no Vale de Taquari - por risco iminente de deslizamentos.

As chuvas fortes que assolam o Rio Grande do Sul desde o início do mês provocaram estragos em 469 dos 497 municípios. Até essa quinta-feira, 163 mortes já haviam sido confirmadas por causa dos temporais. O nível dos rios voltou a subir em algumas partes do Estado. Em Porto Alegre, bairros que não haviam sido inundados registraram alagamentos na quinta-feira.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: