X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Brasil

'Peeling de fenol': velório de empresário tem presença de parentes, amigos e pets


O velório de Henrique Chagas, de 27 anos, foi marcado pela presença de familiares, amigos e muitos animais de estimação. O empresário era dono de um pet shop e conhecido pelo amor aos animais.

A cerimônia ocorreu na manhã desta quinta-feira, 6, em Pirassununga, no interior de São Paulo.

Chagas era dono de um pet shop na cidade, por isso clientes e amigos levaram seus animais de estimação para a despedida. "Tio Rick", como era conhecido, também recebeu diversas homenagens em redes sociais.

O empresário morreu no último dia 3, após realizar procedimento estético chamado 'peeling de fenol' em uma clínica na capital paulista. O namorado dele disse em depoimento que Chagas queria limpar manchas na pele e vinha pesquisando havia alguns meses sobre a técnica.

A influencer Natalia Becker, dona do estabelecimento, prestou depoimento à polícia na quarta-feira, 5, e foi indiciada por homicídio doloso eventual, quando não há a intenção de matar.

O procedimento realizado por ela consiste na aplicação de um ácido no rosto. Segundo o Conselho Federal de Medicina (CFM), trata-se de uma intervenção invasiva e reações imprevisíveis ocorrem com frequência. Por isso, deve ser realizado por médico em ambiente hospitalar com monitoramento cardíaco.

"A polícia entende, neste momento, que foi cometido o crime de homicídio doloso, não pelo fato de a autora ter tido vontade do resultado, mas por ter aceitado o risco de ter produzido a morte", disse o delegado Eduardo Luiz Ferreira. A defesa de Natalia diz que aguarda o laudo dos exames que determinarão a causa da morte do empresário.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: