X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Brasil

Mala com US$ 10 mil é encontrada entre doações para o RS


Uma mochila com US$ 10 mil (cerca de R$ 53 mil) foi encontrada nesta terça-feira, 11, entre as doações enviadas aos gaúchos afetados pelas chuvas recebidas pela equipe do deputado federal Daniel Trzeciak (PSDB-RS). Ela estava em um caminhão que levou doações de Santos, no litoral de São Paulo, até Pelotas.

A mala continha documentos de seu dono, um delegado aposentado da Polícia Federal que mora na cidade paulista e foi localizado pela equipe do parlamentar. Segundo Trzeciak, o dinheiro foi enviado por engano e será devolvido.

O deputado postou nas redes sociais um vídeo contando a história. Por meio da campanha que liderou, Trzeciak recebeu quatro caminhões de doações feitas por moradores de Santos para os gaúchos. Havia roupas, alimentos, material de higiene pessoa e de limpeza e ração para animais.

Quando sua equipe fazia a triagem das roupas, abriu uma mochila onde estavam peças doadas e viu que, além das roupas, havia o dinheiro, fotos, cartas e documentos de uma pessoa chamada Mario Cassiano Dutra. A equipe do parlamentar pesquisou e descobriu tratar-se de um delegado aposentado da Polícia Federal que tem 77 anos e mora em Santos.

Segundo Trzeciak, seus assessores localizaram Dutra e contaram sobre os dólares e demais objetos, e ele afirmou que não se lembrava do dinheiro, que ele havia guardado há mais de 15 anos. "Nós não tivemos dúvida nenhuma do que fazer: encontrar o dono. Encontramos (...), já entramos em contato com ele e estamos devolvendo o dinheiro para quem de fato é o dono", contou o parlamentar no vídeo.

A reportagem ainda não conseguiu contato com Dutra.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: