X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Brasil

Idoso de 77 anos morre após levar 'voadora' no peito em SP

Aposentado estava de mãos dadas com o neto de 11 anos quando foi agredido


Imagem ilustrativa da imagem Idoso de 77 anos morre após levar 'voadora' no peito em SP
Cesar Finé Torresi tinha 77 anos |  Foto: Reprodução/Facebook

Um homem de 77 anos morreu após ser atingido por um chute no peito, conhecido como voadora, dado pelo motorista de um veículo que ele tocou ao atravessar uma rua em Santos, no litoral sul de São Paulo, na noite de sábado (8).

O aposentado Cesar Finé Torresi estava de mãos dadas com o neto de 11 anos quando foi agredido por Tiago Gomes de Souza, 39, que dirigia um Jeep Commander pela rua Professor Pirajá da Silva, no bairro Aparecida.

Segundo relato do neto do idoso, corroborado por testemunha à polícia, eles atravessavam a rua entre os carros, pois o semáforo estava fechado. De forma repentina, o motorista do Jeep avançou com o automóvel sobre eles. Torresi então se apoiou no capô do carro.

Assim que avô e neto concluíram a travessia, de acordo com o relato, o condutor saiu do veículo e caminhou na direção deles. O homem então desferiu um chute no peito de Torresi, que caiu desacordado.

Pessoas que estavam no local acionaram o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e a Polícia Militar. Enquanto o aposentado era atendido na rua pelos socorristas, o agressor deixou o local. Segundo testemunhas, ele correu para um shopping próximo e acabou preso no interior do centro de compras.

O idoso chegou a ser encaminhado para a UPA Zona Leste com traumatismo craniano, mas teve três paradas cardíacas, foi intubado e morreu.

O agressor foi preso em flagrante e ficou em silêncio durante o depoimento, conforme boletim de ocorrência. O documento da Polícia Civil menciona que o advogado Alberto Matheus Paz Gonzalez esteve na delegacia. O mesmo defensor consta no inquérito que tramita na Justiça. Por mensagem, Gonzalez afirmou à Folha que não atua mais no caso após decisão da família, que optou por outro defensor.

Na tarde desta terça-feira (11), o advogado Eugenio Malavasi , novo defensor de Souza, disse que vai ingressar com um pedido de habeas corpus no Tribunal de Justiça. Conforme ele, é devida a "concessão da liberdade do acusado, por não estarem presentes os fundamentos da prisão cautelar". No entendimento de Malavasi, a detenção pode ser substituída por medidas cautelares diversas da prisão.

No domingo (9) a Justiça converteu a prisão de Souza de flagrante para preventiva, ou seja, sem prazo definido.

Segundo a SSP (Secretaria da Segurança Pública), o caso foi registrado como lesão corporal seguida de morte na Central de Polícia Judiciária de Santos.

'DÓI NA GENTE', DIZ FILHO

Saúde de um jovem de 20 anos com um corpinho de 77. Era assim que Torresi anunciava para a família os resultados depois de idas ao médico.

À Folha de S.Paulo o primogênito do idoso, o comerciante Cesar Fine Torresi Filho, 43, relatou que seu pai não tinha nem colesterol alto. "Não parava quieto, sempre ligado no 220V. Era ligadão. É por isso que dói na gente", diz.

Torresi produzia e vendia folhinhas de calendário e era muito conhecido na vizinhança. Ele foi sepultado na segunda (10), no cemitério Vila Curuçá, em Santo André (ABC), em uma cerimônia acompanhado por muitas pessoas, diz a filho.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: