X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Brasil

Homem morre esfaqueado após se envolver em briga com pai e filho em padaria

Na confusão, homem foi empurrado e revidou com disparos, mas acabou ferido e morreu


Um homem de 46 anos morreu após se envolver em uma briga com um pai e um filho em uma padaria na região do Campo Limpo, na zona sul de São Paulo. Segundo a polícia, ele foi esfaqueado após efetuar disparos de arma de fogo contra os dois. O mais jovem foi atingido e socorrido para um hospital da região.

O caso, que ocorreu na manhã de quinta-feira (21), foi marcado também pelo atropelamento de um enfermeiro que socorria o autor dos disparos. A motorista disse à polícia que achou que se tratava de um assalto e, ao tentar fugir do local, teria perdido o controle do veículo.

De acordo com a Secretaria da Segurança Púbica (SSP), policiais militares foram acionados para atender uma ocorrência de disparo de arma de fogo na padaria às 8h. O estabelecimento fica localizado na Rua Francisco da Cruz Mellão.

No local, os agentes encontraram um homem de 30 anos ferido por disparo de arma de fogo. Ao lado dele, estava o pai, de 61 anos, que disse aos policiais que conversava com o filho sobre um advogado quando o autor dos disparos se envolveu no assunto.

Imagem ilustrativa da imagem Homem morre esfaqueado após se envolver em briga com pai e filho em padaria
-Um homem de 46 anos morreu após se envolver em uma briga com um pai e um filho em uma padaria na região do Campo Limpo, na zona sul de São Paulo |  Foto: Arquivo

O suspeito teria ameaçado pai e filho e atirou contra o mais novo, que foi levado ao Pronto Socorro Campo Limpo, onde ficou internado.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

A secretaria afirmou que, após o disparo, o pai disse que o atirador teria quebrado uma porta de vidro do estabelecimento e cortado o pescoço nos estilhaços de forma acidental. Após análise de imagens de câmeras de segurança, os policiais constataram, porém, que o atirador foi esfaqueado pelo pai do homem baleado.

"Mesmo ferido, o homem entrou em seu carro e fugiu", disse a pasta. O autor dos disparos bateu em outro veículo a poucas quadras da padaria. Nesse momento, um enfermeiro que passava pelo local, vendo o acidente, parou para socorrê-lo, mas o homem não resistiu aos ferimentos.

Enquanto realizava o atendimento, o enfermeiro ainda foi atropelado. "A motorista que atropelou o enfermeiro disse acreditar que se tratava de um assalto e, na tentativa de fugir, acabou atingindo-o. Ele ficou levemente ferido e decidiu não representar criminalmente contra ela", disse a pasta.

A secretaria afirmou que, após análise de imagens de câmeras de segurança, "a autoridade policial verificou que o rapaz baleado foi quem iniciou as agressões, ao contrário do informado por seu pai". "Posteriormente, após as agressões, o homem de 46 anos saca a arma e atira", disse.

"O homem de 61 anos foi conduzido à delegacia, onde não deu muitos detalhes do ocorrido", afirmou, Ele foi autuado em flagrante e permaneceu à disposição da Justiça. O caso foi registrado pelo 89º Distrito Policial (Portal do Morumbi), que solicitou perícia do local.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: