X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Brasil

Governo federal avalia PEC para ampliar atuação na segurança pública, diz secretário


O secretário nacional de Segurança Pública, Mario Sarrubbo, disse nesta quarta-feira, 24, que o governo federal prepara uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que permita à União ampliar as incumbências da Polícia Federal no combate ao crime organizado e estabelecer diretrizes nacionais a serem seguidas por Estados e municípios nas atividades de segurança pública.

A intenção do ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, segundo Sarrubbo, seria aumentar as atribuições do governo federal nessa área; hoje, a responsabilidade pela segurança pública é quase que integralmente dos Estados, o que dificultaria, na visão da atual gestão, uma polícia nacional de combate ao crime.

A informação foi dada por Sarrubo, em entrevista à Globonews na tarde desta quarta. "Que a União possa indicar diretrizes, ainda que genéricas, no campo da segurança pública", afirmou. "Isso está mais para o campo da integração do que de o governo (federal) querer meter o dedo na política dos Estados . A gente precisa conversar mais, construir canais de diálogo e de integração que sejam fixos", completou. "Talvez a União possa ser um ator importante nesse processo".

Sarrubbo afirmou ainda que a ideia ainda precisa ser desenvolvida e discutida com governadores. "Isso será objeto de muito diálogo, para que possamos construir um modelo que atenda o País com tantas complexidades como o nosso".

A segurança pública é uma das áreas em que a atuação do governo federal tem pior avaliação pelos eleitores. Segundo pesquisa Ipec divulgada nesta semana, 42% das pessoas consultadas consideram a conduta do governo federal ruim ou péssima nessa área.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: