X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Brasil

Conar suspende liminar que limitava exibição de teaser de "Barbie"

A liminar foi emitida após dezenas de denúncias feitas por consumidores ao conselho


 

Imagem ilustrativa da imagem Conar suspende liminar que limitava exibição de teaser de "Barbie"
Cena do filme da Barbie, que será lançado no dia 20 de julho |  Foto: Divulgação/Warner Bros. Pictures

O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) suspendeu a recomendação para interromper a exibição de um teaser do filme "Barbie" em salas de cinema do país.

A decisão foi tomada pelo próprio órgão após a empresa responsável pelo filme informar que Ministério da Justiça e Segurança Pública havia conferido classificação etária livre para a produção e os trailers.

A relatora da representação ética "solicitou mais informações ao anunciante, para analisar se a tramitação do caso no Conar deverá ficar prejudicada pelo exame da mesma matéria pela autoridade pública."

O Conar recomendou a suspensão da exibição do teaser na sexta-feira (7). A orientação era de que a peça de divulgação não fosse exibida em sessões de filmes com classificação indicativa inferior a 12 anos.

Veja mais notícias do Brasil aqui

As imagens mostram uma criança quebrando cabeças de bonecas. A relatora da representação destacou que o teaser, que é considerado uma peça publicitária, traz "cenas de não-urbanidade, ausência de boas maneiras ou ato violento/inseguro."

A liminar foi emitida após dezenas de denúncias feitas por consumidores ao conselho. O Conar ainda pontua que a decisão "visa única e exclusivamente o anúncio, uma vez que o filme é obra artística".

O filme, que é dirigido por Greta Gerwig, chega aos cinemas no dia 20 de julho.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: