X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Brasil

Ceasa/RS retomará operações provisórias em Gravataí a partir da quarta-feira


A Central de Abastecimento do Rio Grande do Sul (Ceasa/RS) divulgou que vai retomar suas operações, a partir da quarta-feira, 8, de maneira provisória, no Centro de Distribuição das Farmácias São João, localizado no quilômetro 80 da Freeway, em Gravataí. A operação será realizada de segunda a sexta-feira, das 12h30 às 18 horas, informou.

Conforme comunicado da Ceasa/RS, o local escolhido para essa operação temporária tem localização estratégica, com fácil acesso pela Freeway, BR-118, região de Taquara e Litoral, garantindo uma logística eficiente.

A infraestrutura para essas operações será garantida pela Ceasa/RS, que vai providenciar todos os recursos necessários, incluindo iluminação por meio de geradores e acesso à internet. Além disso, a colaboração das Farmácias São João em fornecer energia elétrica será essencial para manter as operações em pleno funcionamento.

Embora os produtores atacadistas cadastrados na Ceasa sejam prioridade, a Ceasa/RS destacou que o espaço estará disponível para qualquer produtor que queira comercializar seus produtos. "Essa abertura é fundamental para manter a diversidade e a oferta de alimentos na região", informou.

Aproximadamente R$ 300 mil serão investidos pela Ceasa nos próximos 15 dias para a manutenção do funcionamento da operação, demonstrando o compromisso financeiro com a segurança alimentar da região.

O secretário de Desenvolvimento Rural, Ronaldo Santini, disse na nota que com a Emater e a Ceasa, "estão sendo implementadas medidas para identificar os produtores e realizar a logística necessária para assegurar o abastecimento contínuo. Encontramos essa alternativa para que a população não fique desabastecida, o produtor e o comerciante não sejam prejudicados mais vez, com a perda dessa receita".

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: