X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Brasil

Casal é encontrado morto em Santos; filho de 17 anos é apreendido pela polícia


Um casal foi encontrado morto em seu apartamento na manhã deste domingo, 25, em Santos, no litoral paulista. O filho deles, um adolescente de 17 anos, foi apreendido como suspeito de homicídio. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP), o garoto disse à polícia que a mãe foi vítima de feminicídio, mas não soube responder sobre a morte do pai.

A pasta afirma que policiais militares foram acionados para atender a uma ocorrência e, chegando ao local, encontraram o homem, de 39 anos, e a mulher, de 37, já sem vida. O adolescente foi ouvido pelos policiais e, após seu depoimento, conduzido à delegacia, onde permanece à disposição da Vara de Infância e Juventude enquanto o caso é investigado.

O jovem teria relatado que estava em casa, com os pais e dois amigos, quando escutou pedidos de socorro da mãe, que estava sendo agredida pelo pai. "Ele disse que chegou a ir no quarto do casal duas vezes para separar a briga, quando, na terceira vez, viu o pai esfaqueando a mãe", informou a secretaria.

Após tentar apartar a briga, mas não obter sucesso, o garoto teria fugido do apartamento. Ele não respondeu à polícia sobre como teria acontecido a morte do pai - a secretaria não informou ao Estadão se o homem também teria sido esfaqueado.

"A perícia foi acionada ao local e foram requisitados exames ao IC e ao IML", disse a SSP. "O caso foi registrado como feminicídio e ato infracional de homicídio na CPJ de Santos."

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: