X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Brasil

Adolescente de 14 anos morre após ser picado por cobra venenosa em SC

Vítima recebeu soro antiofídico, mas houve piora do quadro clínico


Um adolescente de 14 anos morreu após ser picado por uma serpente em São Francisco do Sul, no norte de Santa Catarina, na terça-feira (30). A vítima chegou a receber atendimento hospitalar, mas não resistiu.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES) de Santa Catarina, o adolescente foi picado na região lombar pela serpente do gênero Bothrops, que inclui espécies venenosas como a jararaca e a jararacussu.

A pasta afirmou em nota à reportagem que ele deu entrada no hospital de São Francisco do Sul no último sábado (27) e recebeu soro antiofídico no local, mas houve piora do quadro clínico nos dias seguintes.

"No domingo, foi solicitado transporte ao SAMU onde foi realizado a transferência para o Hospital Jeser Amarante Faria, em Joinville", informou a SES.

O paciente, que não teve o nome divulgado pela Secretaria, seguiu apresentando piora dos sintomas até vir a óbito.

Segundo artigo do Instituto Butantan, os principais sintomas da picada de uma jararaca adulta do gênero Bothrops em humanos são dor e inchaço local, às vezes com manchas arroxeadas e sangramento no ferimento.

"Também podem ocorrer sangramentos em mucosas, como nas gengivas e nariz. As complicações podem provocar infecção e necrose na região da picada e insuficiência renal aguda", informa o instituto.

Para se prevenir de picadas de cobras, o instituto recomenda: usar calçados fechados, de preferência de cano alto, ao andar ou trabalhar em áreas de mata; usar luvas grossas para manipular folhas secas, lixo, lenha, palhas, etc; não colocar as mãos em buracos e tomar cuidado ao revirar cupinzeiros; evitar acúmulo de lixo e entulho.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: