search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Brasil provoca China associando-se à Austrália
Cláudio Humberto
Cláudio Humberto

Cláudio Humberto


Brasil provoca China associando-se à Austrália

O governo do Brasil flerta com o perigo: avalia se juntar à Austrália na defesa de “investigação independente” das origens da Covid-19 na China. O chanceler Ernesto Araújo conversou demoradamente, dia 8, com a colega australiana Marise Payne.

A ideia ofende tanto os chineses que a retaliação não tardou: no dia 12, o governo de Xi Jinping suspendeu a importação de carne bovina de quatro abatedouros, dois deles da JBS, e decidiu também taxar a cevada australiana em 76,8%.

Teoria da conspiração
O governo da Austrália pretende investigar, por exemplo, se a Covid-19 foi produzida em laboratório, como acreditam alguns especialistas.

Tratativas confirmadas
Itamaraty confirma a conversa dos chanceleres dos dois países quatro dias antes das primeiras retaliações chinesas contra a Austrália.

Juntos e coordenados
Araújo e Marise Payne, diz o Itamaraty, “decidiram trabalhar juntos e de modo coordenado para enfrentar os desafios da crise da Covid-19”.

Aberto a discutir China
Hostilizado a cada frase sobre a China, Ernesto Araújo (foto) tem sido aberto a convites como o da Austrália para discutir o país de Xi Jinping.

Azevêdo não vai atuar no Brasil após deixar OMC
O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo, confirmou a esta coluna que não tem planos de retornar ao Brasil após deixar em 31 de agosto o mais importante cargo já ocupado por um brasileiro em organismo internacional.
Ele sairá da OMC com um ano de antecedência, e negou que tenha qualquer pretensão de voltar ao Brasil para assumir cargos. A tendência é ele se afastar do setor público.

São só fake news
Azevêdo negou também nomeação para cargos no Ministério da Economia ou Itamaraty, como especularam sites importantes no Brasil.

Foco no presente
O diretor da OMC não recebeu qualquer convite do governo Bolsonaro. “Minha única prioridade é organizar os próximos passos na OMC”, diz.

Fantasia desfeita
Roberto Azevêdo descarta qualquer possibilidade de candidatura em 2022. “Não tenho interesse nisso”, garante o diplomata de carreira.

Fui
Antes de anunciar sua saída da direção-geral da OMC, Roberto Azevêdo avisou por telefone o chanceler Ernesto Araújo e o presidente Jair Bolsonaro. Não queria que o governo brasileiro soubesse pelos jornais.

Ô falsidade
Não passaram da mais genuína exibição de falsidade os sorrisos e abraços de Jair Bolsonaro e Rodrigo Maia, ontem, no Planalto. Eles se detestam, mas chefiam poderes da República e precisam se entender.

Pedala, Caiado
O governador do DF, Ibaneis Rocha, aplicou um “pedala” em Ronaldo Caiado, de Goiás, cujo governo negligenciava os doentes de covid-19 do entorno, que, sem opção, lotam hospitais de Brasília. Foi só Ibaneis ameaçar vedar atendimento que Caiado assentiu com trabalho conjunto.

Organizando a bagunça
Bolsonaro tenta se habituar à ideia de parar com declarações na “grade”, na porta do Alvorada, desde que o jornalista Orlando Brito sugeriu que ele se dirija ao comitê de imprensa do Planalto sempre que quiser falar.

Líder modesto
Militar disciplinado, o deputado Major Vítor Hugo (PSL-GO), líder do governo na Câmara, não tem conselhos para Bolsonaro. “Quem sou eu? O Presidente é muito mais experiente, sabe tudo de política”, afirmou.

Patriotada na máscara
A deputada Bia Kicis (PSL-DF), bolsonarista raiz, inovou no modelo da máscara de proteção contra a Covid-19. A máscara da deputada tem a estampa da bandeira brasileira com a foto do Presidente.

O pior dos mundos
Levantamento da CNI sobre o impacto do coronavírus revela que 70% das indústrias perderam faturamento, 45% sofrem com inadimplência dos clientes, 44% têm pedidos cancelados e 21% reduziram a produtividade.

Passou batido
O TSE parece não ter percebido a jogada: atendeu pedido do PMB e permitiu que partidos paguem os fiscais contratados na eleição com o Fundo Eleitoral. Mais um encargo para justificar o fundão indecente.

Poder sem pudor

Pergunta na fila

A nova máquina do aeroporto de Brasília que mede a temperatura de passageiros também identifica ladrões?

Tarefa para macho, tchê

Certa vez perguntaram a Antônio Carlos, presidente da província de Minas Gerais, por que ele se juntou aos gaúchos, na Aliança Liberal, para derrubar Washington Luís e colocar Getúlio Vargas no poder. Ele explicou:

“Na vida, a gente tem que saber escolher as companhias na hora certa. Para brigar num bar, chamo os filhos do Mendes Pimentel. Para ir ao teatro, vou com Ataulfo de Paiva. Mas para tomar o poder, tomo com os gaúchos.”

Colaboram: André Brito e Tiago Vasconcelos

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Cláudio Humberto

“Provas” no inquérito de Moraes são nulas, alega MP

São imprestáveis as eventuais provas recolhidas pela Polícia Federal na operação de ontem contra críticas, fake news e ameaças a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). A advertência é de …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Complica situação de Skaf na Fiesp, após virar réu

O clima pode esquentar na reunião de diretoria, hoje, da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo). Será a primeira depois que seu presidente, Paulo Skaf, virou réu na Justiça. Ele é …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Pesquisa: governo federal combate mais a Covid-19

A responsabilidade pelo combate ao coronavírus é dos governos estaduais e municipais, por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), mas para a maior parte dos brasileiros (31,2%) o governo federal é …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Temer se recusou a assinar MP que o STF alterou

Burocratas ligados à área econômica do governo federal tentam já há algum tempo emplacar uma medida provisória que vire lei protegendo-os de punição por erros que tenha cometido no exercício de suas …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Vídeo revela relação desgastada com Sergio Moro

Na reunião presidencial de 22 de abril, que o ministro Celso de Mello (STF) jogou no ventilador sem qualquer utilidade para o inquérito que motivou sua apreensão, o presidente Jair Bolsonaro já …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Celso de Mello libera vídeo e toca fogo no circo

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), não explicou a utilidade da sua decisão de liberar quase a íntegra do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril. Experiente, o decano …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Centrão: não haverá “toma lá, dá cá” com o governo

O deputado Arthur Lira (AL), líder do PP e do “Centrão”, confirma as conversações com o governo Bolsonaro, mas deixou claro que é “tudo feito às claras”, sem subterfúgios, sem “é dando que se recebe” …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Frias fatura e Regina ganha Cinemateca quebrada

A atriz Regina Duarte descobriu amargamente que política e Brasília não são para principiantes. Após meses driblando armadilhas, cascas de banana e traições, ela desistiu quando viu o presidente Jair …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Votações do MPF são vulneráveis a fraude, diz CGU

Auditoria da Controladoria-Geral da União (CGU) levou a constatações devastadoras sobre o sistema eletrônico de votação do Ministério Público Federal (MPF), inclusive para escolha de lista tríplice …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Opositores de Bolsonaro já adotam a cloroquina

Enquanto se repete a ladainha de que a ciência ainda não aprovou o uso da cloroquina contra a Covid-19, políticos que acusavam o presidente Jair Bolsonaro de “irresponsabilidade” pela discussão …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados