search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Bottas conquista a pole position do GP dos 70 anos da F1; Hamilton larga em 2º

Esportes

Publicidade | Anuncie

Esportes

Bottas conquista a pole position do GP dos 70 anos da F1; Hamilton larga em 2º


Valtteri Bottas, da Mercedes, conquistou neste sábado (8) a pole position e largará na frente no GP de Silverstone, corrida batizada de GP do Aniversário de 70 Anos da Fórmula 1.

Essa é a 13ª pole position da carreira do finlandês, segunda em 2020. Lewis Hamilton, da mesma equipe, largará na segunda posição. Na segunda fila estarão Nico Hulkenberg, grande surpresa da manhã deste sábado, em sua segunda corrida substituindo Sergio Perez pela Racing Point, e Max Verstappen, da Red Bull.

As Mercedes já tinham dominado todos os treinos livres, fazendo a dobradinha nas três sessões disputadas em Silverstone, que sedia o GP dos 70 Anos porque foi na pista britânica, em 1950, que a F1 realizou sua primeira etapa válida por um campeonato mundial. Valtteri Bottas celebrou o resultado.

A corrida para a quinta etapa do campeonato vai acontecer neste domingo (9), às 10h10 (de Brasília). Hamilton lidera o campeonato com 88 pontos, 30 a mais do que Bottas.

DESTAQUE

Nico Hulkenberg, que cravou o terceiro melhor tempo pela Racing Point no treino classificatório. Será a segunda prova do alemão em substituição a Sergio Perez, que está afastado em tratamento de coronavírus: "Os últimos sete ou oito dias têm sido malucos. Mas neste fim de semana eu me senti muito mais preparado. Dei tudo de mim no Q3, mas estou um pouco surpreso. É o motivo do sorriso no meu rosto." Ele agora se candidata a um lugar no pódio.

No lado negativo estava Sebastian Vettel, que foi eliminado na segunda parte do classificatório. O piloto da Ferrari larga em 11º depois de ser quase quatro décimos mais lento que o companheiro Charles Leclerc, mesmo usando pneus mais rápidos em teoria durante o Q2.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados