search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Bolsonaro diz que revogará decreto que prevê privatização de parte do SUS

Notícias

Publicidade | Anuncie

Política

Bolsonaro diz que revogará decreto que prevê privatização de parte do SUS


O presidente Jair Bolsonaro anunciou, na tarde desta quarta-feira (28), a suspensão do decreto que previa a concessão à iniciativa privada de construções e gestão de novas unidades públicas de saúde. A medida foi sinalizada, principalmente pela oposição, como "privatização de parte do SUS".

A decisão de Bolsonaro foi comunicada em entrevista à CNN Brasil. A justificativa é que o texto teve forte repercussão negativa. A revogação deve ser publicada nesta quarta, no Diário Oficial da União.

Em nota, o Ministério da Economia, sob a batuta de Paulo Guedes, defendeu a proposta e reforçou que os serviços do SUS "seguirão sendo 100% gratuitos para a população" e que a proposta visava "incentivar a participação da iniciativa privada no sistema para elevar a qualidade do serviço prestado ao cidadão".

O Ministério falou ainda em "racionalizar custos, introduzir mecanismos de remuneração por desempenho, novos critérios de escala e rede integrada de atenção à saúde".


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados