Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Tudo Viagem

Tudo Viagem

Colunista

Celso Martins Santos

Conheça 5 ótimos lugares para visitar no Japão

O Japão é um país de cidades densas e com palácios imperiais

Celso Martins Santos | 27/07/2022, 20:24 20:24 h | Atualizado em 28/07/2022, 10:59

O Japão é um país de cidades densas, com palácios imperiais, além de milhares de santuários e templos que guardam história e costumes. Certamente, a terceira maior economia do mundo tem muito mais a oferecer do que robôs, sushi e samurais. Sua capital, Tóquio, é a megalópole mais limpa e organizada do planeta, com a mais alta concentração de excelentes restaurantes, que não se resumem somente a comida japonesa, mas também comida italiana e francesa de grande qualidade.

Em relação às compras, há uma imensa quantidade de opções que faz as pessoas passarem dias inteiros dentro das lojas de departamento. De uma simples papelaria a um charmoso quiosque gourmet, de bolsas de design exclusivo a instrumentos musicais, o Japão pode deixar o turista completamente embasbacado com tantas alternativas.

Com toda essas opções, nós selecionamos aqui 5 ótimos lugares que você deve visitar, quando for ao Japão. Confira:

  1. Monte Fuji

 

Josh Hawley Visuals
 

Esse ponto é uma parada obrigatória de quem vai ao Japão. Localizado entre duas províncias, a de Shizuoka e Yamanashi, especificamente na ilha de Honshu. É considerada a mais alta montanha da ilha e de todo arquipélago japonês.

É um vulcão marcado por simetria e beleza. Acabou se tornando uma das principais atrações do país, além de ser reverenciado pelos japoneses. Durante a primavera, muitos consideram que a estrutura alcança sua beleza em altos níveis. Isso porque a montanha fica coberta por flores de cerejeira e a neblina forma praticamente uma nuvem em formato de moldura. É um cenário que vale a pena ser contemplado.

  1. Castelo de Himeji

 

Japan Experience
 

Um dos mais bonitos castelos do território japonês, o castelo de Himeji saiu ileso a tantos desastres e guerras que envolveram a nação. Os detalhes de sua construção além de contarem muitas histórias, representam fielmente marcas do passado. Assim, o castelo é considerado um Tesouro Nacional do Japão, é um dos mais visitados do país, se não for o mais. Já serviu de cenário para filmes e possui uma arquitetura belíssima.

  1. Praia de Okinawa

 

discover!okinawa
 

Areia branca daquelas gostosas de pisar, mar azul digno de foto em redes sociais, ótimos pontos de mergulho, palco de kite e windsurfe, quintal para passeios de caiaque e vela etc. As opções de como aproveitar a praia de Okinawa parecem infinitas. O arquipélago fica no sul, a pouco menos de 3 horas de voo de Tokyo, e – além de muita beleza natural – abriga o maior aquário do país. É formado por cerca de 160 ilhas. É bom não deixar de ver as Ilhas Kerama, onde as baleias costumam brincar entre janeiro e abril. O lado histórico também é preservado por lá. Na capital das ilhas, Naha, fica o Castelo Shuri, Patrimônio Cultural da Humanidade.

  1.  Pachinko, o Cassino Japonês

Aqui no Brasil, os fãs de jogos de cassino por uma questão legal, só podem ter acesso aos cassinos online em grandes sites de apostas, como o NetBet Casino, por exemplo. O mesmo não acontece no Japão, apesar de as apostas serem ilegais por lá, os pachinkos se diferem das apostas regulares, devido ao seu sistema de premiação.

Os cassinos japoneses estão por toda parte, às vezes no meio do nada, ao lado de hatakes (plantações), perto de estações de trem ou em grandes centros. E é impossível não os notar, já que a maioria deles possuem uma megaestrutura e são sempre repletos de néon e letreiros com luzes piscando e ofuscando sem parar. Algo que atrai bastante os turistas e fãs de jogos de cassino.

  1. Castelo de Osaka

 

JAPAN GEOGRAPHIC
 

Osaka detém diversos dos pontos turísticos do Japão espalhados em seu território. Um deles é o Castelo de Osaka, que se encontra situado no alto de uma colina e rodeado de cerejeiras. Logo, você não pode perder a chance de conhecer a parte interna desse terreno que é onde se encontram algumas exposições. O seu interior é aberto para visitas e o ambiente conta muitas histórias de antigos japoneses.

MATÉRIAS RELACIONADAS