Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Sobre Rodas

Colunista

Sobre Rodas

Strada derruba Onix e fica no pódio

| 08/10/2020, 17:21 17:21 h | Atualizado em 08/10/2020, 17:39

O ranking dos carros mais vendidos no País surpreendeu mais uma vez. Depois do SUV T-Cross, da Volkswagen, ocupar o posto de mais emplacado em julho – tirando o mérito que o Chevrolet Onix ostentava por cinco anos consecutivos —, agora foi a vez da Fiat Strada faturar o posto mais elevado do ranking.

Nova geração da Strada é sucesso de crítica e  público desde que chegou ao mercado, em julho deste ano
Nova geração da Strada é sucesso de crítica e público desde que chegou ao mercado, em julho deste ano |  Foto: Assessoria Fiat
A picape reinou absoluta, com 11.873 emplacamentos em setembro, aponta a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), que reúne as associações de concessionárias do Brasil.

Sucesso de público e crítica desde que chegou ao mercado, em julho passado, a Strada de nova geração superou os 6 mil emplacamentos em 10 dias.

Em agosto, o número do mês já encostava nos 8.700 emplacamentos. Agora, o modelo (que ganhou a versão especial Opening Edition, a mais cara de sua história, por R$ 92.290), se distanciou ainda mais de sua concorrente direta, a Volkswagen Saveiro.

Em uma coletiva online, Herlander Zola, diretor de operações comerciais da marca Fiat, falou sobre o aumento da participação da Strada em vendas no varejo e lembrou que o modelo terá o esperado câmbio automático ligado ao motor 1.3 Firefly aspirado.

Será uma opção provavelmente nas versões Freedom e Volcano cabine dupla e atenderá ao público que, segundo a Fiat, está migrando de hatches e sedãs para a picape compacta.

O T-Cross, que liderou as vendas
 em julho, caiu em setembro para a 14ª colocação no ranking dos mais vendidos, com 4.729 unidades vendidas
O T-Cross, que liderou as vendas em julho, caiu em setembro para a 14ª colocação no ranking dos mais vendidos, com 4.729 unidades vendidas |  Foto: Assessoria Volkswagen
Com relação ao motor 1.0 turbo, que era visto como uma dúvida para a Strada, Zola disse que “a picape pode ter um dos novos motores da FCA e nossa aposta é quase certa no menor, de três cilindros, que estará também em Argo, Cronos e outros futuros modelos da marca”.

Enquanto a Strada 1.3 CVT virá em 2021, a variante turbo não tem data de estreia, pois a prioridade é atender os SUVs da Jeep, além de Argo e Cronos.

Pela segunda vez, o Onix perde o posto de mais vendido em 2020
Pela segunda vez, o Onix perde o posto de mais vendido em 2020 |  Foto: Assessoria General Motors
Em segundo lugar no ranking dos carros mais vendidos, aparece o Onix, com 11.710 unidades vendidas, e em terceiro o Volkswagen Gol, que alcançou 9.134 emplacamentos. Respectivamente, quarto e quinto lugares ficaram com Hyundai HB20 (8.565) e Fiat Argo (7.985).

Com dobradinha no Top 5, a Fiat foi a marca líder de vendas em setembro, apontam os números da entidade.

A fabricante emplacou 39.090 unidades. Em porcentagem, são 19,7% de participação no mercado. Na segunda e terceira posições estão Volkswagen (33.978 / 17%) e General Motors (31.780 / 16%).

Vendas crescem com mais força em setembro

No maior resultado mensal do ano, as vendas de veículos novos no País — entre carros de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus — somaram 207,7 mil unidades no mês passado, com alta de 13,3% na comparação com agosto.

Desde fevereiro, quando tinham sido comercializados 201 mil veículos, até então o maior volume do ano, o mercado não passava das 200 mil unidades.

Os dados foram apresentados pela Fenabrave, entidade que representa as concessionárias do País.

Vendas somaram 207,7 mil unidades, alta de 13,3% em relação a  agosto
Vendas somaram 207,7 mil unidades, alta de 13,3% em relação a agosto |  Foto: Divulgação
O resultado mostra uma continuidade da recuperação do mercado após o choque da pandemia, mas ainda em ritmo inferior ao padrão de antes da crise. Em relação a setembro do ano passado, as vendas caíram 11,5%.

No acumulado de janeiro a setembro, as vendas de veículos, num total de 1,37 milhão de unidades, mostraram queda de 32,3% frente o volume dos nove primeiros meses de 2019.

“A cada mês que passa, conseguimos observar que o mercado vem retomando os volumes e se readequando ao que se convencionou chamar de novo normal.

Tanto que, apesar de ter o mesmo número de dias úteis de agosto (21), o volume de setembro foi mais elevado”, diz Alarico Assumpção Júnior, presidente da Fenabrave, ao comentar o balanço do mês passado.


Os 50 carros mais vendidos em setembro


Imagem ilustrativa da imagem Strada derruba Onix e fica no pódio

MATÉRIAS RELACIONADAS