Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Sobre Rodas

Sobre Rodas

Colunista

Márcia Branki

Sandero com visual esportivo está de volta

| 18/06/2020, 16:00 16:00 h | Atualizado em 18/06/2020, 16:29

O modelo da Renault chega às revendedoras da marca com duas opções de motorização: 1.0 com câmbio manual e 1.6 com câmbio  CVT
O modelo da Renault chega às revendedoras da marca com duas opções de motorização: 1.0 com câmbio manual e 1.6 com câmbio CVT |  Foto: Divulgação/Assessoria Renault

A Renault acaba de anunciar que voltou a oferecer a opção GT Line para o Sandero. A versão com apelo mais esportivo havia saído do catálogo após a reestilização promovida no hatch.

A novidade pode ser adquirida com duas opções de motorização: 1.0 com câmbio manual ou 1.6 com transmissão automática CVT. Os preços partem de R$ 57.390. Assim como foi antes do facelift, a opção GT Line tem como destaque o visual esportivado, que só lembra um carro esportivo, mas sem nenhuma alteração na parte mecânica.

Baseado na configuração Zen, o modelo não é tão radical no desempenho quanto o “irmão” R.S., que tem motor 2.0 16V de 150 cv, mas se diferencia das configurações “normais” pelos detalhes estéticos.

Entre eles, o aerofólio na tampa do porta-malas, o aplique no para-choque traseiro, as capas dos retrovisores em cinza, as luzes de neblina e as lanternas com máscara negra.

No interior, o modelo ganha volante revestido de couro, bancos com padronagem exclusiva e bordados nos apoios de cabeça (opcionais na versão 1.0), além de detalhes na cor azul nas saídas de ar e no quadro de instrumentos.

De série, a versão 1.0 manual oferece todos os equipamentos da Zen, como multimídia com conectividade Android Auto/Apple CarPlay, quatro airbags, direção eletro-hidráulica, ar-condicionado e vidros dianteiros/travas elétricas adicionando vidros elétricos traseiros e rodas de liga leve de 15” ou 16” (opcionais).

Ela é equipada com motor 1.0 de até 82 cavalos de potência e câmbio manual. O Sandero GT Line 1.6 CVT X-Tronic também traz todos os itens da versão Zen oferecendo a mais os vidros elétricos traseiros, os retrovisores elétricos e as novas rodas de liga leve de 16”.

O preço sugerido da versão GT Line 1.0 é de R$ 57.390 – as rodas de liga leve de 16” e os bancos exclusivos são opcionais e custam R$ 900. Já a versão GT Line 1.6 custa R$ 73.290. Esta tem motor 1.6 de até 118 cv e câmbio CVT.

Detalhes do veículo

Principais mudanças estão na traseira, com aerofólio e lanternas escurecidas
Principais mudanças estão na traseira, com aerofólio e lanternas escurecidas |  Foto: Divulgação/Assessoria Renault
Interior da versão tem acabamento exclusivo
Interior da versão tem acabamento exclusivo |  Foto: Divulgação/Assessoria Renault

Pajero Sport chega ao País renovado

Lançada há pouco mais de um ano no Brasil, a nova geração do Mitsubishi Pajero Sport já passa por sua primeira mudança no País. Além de novidades no visual e no pacote de equipamentos, o SUV agora é vendido em duas configurações, partindo de R$ 291.990.

Já o conjunto mecânico permanece o mesmo, combinando o motor 2.4 turbodiesel de 190 cv e 43,9 kgfm ao câmbio automático de 8 marchas e tração 4x4, com bloqueio do diferencial.

O SUV de 7 lugares passou por uma atualização no desenho polêmico
O SUV de 7 lugares passou por uma atualização no desenho polêmico |  Foto: Divulgação/Assessoria Mitsubishi

No sistema de tração Super Select 4WD-II, há opções para todo tipo de terreno: o 2H, usado para estradas e vias públicas; 4H, usado para estradas e pisos irregulares, como asfalto, serras e chuva, com distribuição automática entre os eixos; 4HLc, para terrenos acidentados com superfícies de baixa aderência; e o 4LLc, para subidas ou descidas íngremes, rochas, areia e lama.

Há ainda mais quatro possibilidades para enfrentar cascalho, lama/neve, areia e pedras.

Entre as medidas mais importantes, o SUV de 7 lugares tem ângulo de 30° de entrada, 24,2° de saída, 23,1° de subida e 45° de inclinação lateral. O porta-malas tem 971 litros com a terceira fileira de bancos rebaixada.

De série desde a versão HPE (R$ 291.990), o modelo traz assistente de partida em rampas, controle de descida em rampas, 7 airbags, controles de estabilidade e tração, banco do motorista com ajustes elétricos e chave presencial.

Há ainda central multimídia com Android Auto e Apple CarPlay, faróis automáticos de LED, ar-condicionado automático de duas zonas, sensores de estacionamento e de chuva, entre outros. Como opcional por R$ 8 mil, a versão de entrada tem um pacote com piloto automático adaptativo e teto solar. A versão topo de linha, HPE-S, sai a R$ 318.990.

MATÉRIAS RELACIONADAS