Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Qual a Bronca?

Qual a Bronca?

Colunista

Redação A Tribuna

Pedido de ciclovia em Maruípe

Projeto para a avenida inviabiliza o trânsito, segundo a prefeitura, que prevê, até 2024, construir e reformar 15 km de ciclovias

Jornal A Tribuna | 30/01/2022, 12:37 12:37 h | Atualizado em 30/01/2022, 12:37

“Soube que a Prefeitura de Vitória fará uma ciclovia na avenida Rio Branco, na Praia do Canto, e gostaria de saber se existe previsão também de construção de uma ciclovia na avenida Maruípe”, questiona o promotor de vendas Heleno Silveira Carneiro.

Segundo ele, a avenida Maruípe  é, sem dúvida, uma das mais perigosas da capital. “Meu pai, um senhor de idade, já foi atropelado em cima da faixa de pedestres nesta via. É um risco”.

A Prefeitura de Vitória  esclarece que a avenida Maruípe possui duas faixas de rolamento, com estreitamento em alguns trechos e uma área consolidada muito próximo da via. A supressão de uma das faixas para construção de ciclovia implicaria em apenas uma faixa para carros e ônibus realizando paradas. Logo, interrompendo o trânsito e causando muitas retenções e problemas o que inviabiliza a colocação de ciclovia.

Informa ainda que o Plano Vitória contará com R$ 1 bilhão de investimentos em diversas áreas, até 2024. Entre eles está a construção de novas ciclovias e melhorias das existentes. Somente de novas ciclovias serão cerca de 15 quilômetros. 

Entre as intervenções, está a complementação e melhorias da ciclovia no trecho que se estende do Centro Esportivo Tancredão,  em Mário Cypreste, até a Praça dos Namorados, na Praia do Canto, com 9 km  passando pelas avenidas Marechal Mascarenhas de Moraes  e Getúlio Vargas. 

Outras importantes avenidas da cidade serão contempladas com a implantação de ciclovias, entre elas Marechal Campos e Rio Branco (parte da Praia do Canto). A Orla Noroeste da cidade também receberá ciclovia. As intervenções vão criar um anel cicloviário que vai ligar toda a ilha de Vitória.

O que diz o leitor

Não resolveu: Heleno lamenta que a avenida Maruípe, uma importante via da cidade, não seja contemplada no anel cicloviário da capital.

MATÉRIAS RELACIONADAS