Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Qual a Bronca?

Qual a Bronca?

Colunista

Redação A Tribuna

Nova unidade em Porto Canoa

Prefeitura informa que estão programados investimentos para ampliar a Unidade Básica de Saúde (UBS), qualificando o serviço

| 03/08/2022, 09:55 09:55 h | Atualizado em 03/08/2022, 09:56

“Que providências estão sendo tomadas para a construção de um novo prédio para a Unidade Básica de Saúde (UBS) em Porto Canoa? A atual é pequena e  não comporta o número de usuários dos 20  bairros do entorno”, reclama o aposentado Valdeci Carvalho Ferreira, que mora no bairro Mata da Serra.

Segundo ele, com a construção de novos condomínios verticais, a necessidade de ampliação dessa unidade é necessária. 

“Ventilou-se que a nova unidade ocuparia a área da Praça Central, mas quero sugerir que seja construída numa área na esquina com a rodovia Norte-Sul”.

Valdeci pergunta ainda por que a Prefeitura da Serra  não implanta um  atendimento diferenciado na Policlínica de Serra Dourada, ampliando o horário de atendimento  para as 22 horas ou meia-noite, desafogando as UPAS (Unidades de Pronto Atendimento).

A Secretaria de Saúde da Serra  informa que a ampliação da Unidade Básica de Porto Canoa está entre os investimentos a serem feitos pela administração em equipamentos de saúde voltados à Atenção Primária à Saúde (APS). Hoje, os moradores podem contar com 40 postos de atendimento, entre básicas (UBS) e regionais (URS); e uma itinerante, que atende nove áreas rurais do município. 

A Unidade Regional de Serra Dourada funciona de segunda a sexta-feira até as 19 horas.  As unidades de saúde  abrem às 7h e, além dos atendimentos agendados, as equipes também acolhem as demandas dos moradores, com consultas, exames, vacinação. 

Nas três Unidades de Pronto-Atendimento de Carapina, Castelândia e Serra-Sede, o atendimento é “porta aberta”. Ou seja, não necessita de agendamento e funciona 24 horas.

O QUE DIZ O LEITOR

Valdeci disse esperar que a atual administração amplie a oferta de serviços para os moradores de Porto Canoa e bairro próximos.

Sede atual da Unidade Básica de Porto Canoa, na Serra, atende moradores de 20 bairros no entorno da região
Sede atual da Unidade Básica de Porto Canoa, na Serra, atende moradores de 20 bairros no entorno da região |  Foto: Kadidja Fernandes/AT
 

Joana D'Arc

Linha 074
Claudiane França, manicure

“Desde a integração das linhas municipais de Vitória ao sistema Transcol, quem usa a linha 074 (Circular) enfrenta  problemas. O carro sai do ponto final a cada duas horas e só tem dois veículos circulando na linha”.

A Ceturb esclarece que o quadro de horário da linha 074 será avaliado e, se for detectada a necessidade, ajustes serão feitos.

Vila Nova de Colares

Rua escura
Bartolomeu Sales, autônomo

“A rua Tupi ainda não possui  iluminação pública. Temos energia elétrica nas residências, mas não há postes nem luminárias. Vivemos no escuro”. 

A EDP informa que a iluminação pública cabe à prefeitura. A concessionária esclarece ainda que não há registros de solicitação da municipalidade para a extensão da rede de iluminação pública no local.

Praia da Costa

Câmera de videomonitoraneto desligada
Fabricio Lima, comerciário

Bronca:


Câmera de videomonitoramento na orla da Praia da Costa que não está funcionando.




Foto do leitor Fabricio Lima
Bronca: Câmera de videomonitoramento na orla da Praia da Costa que não está funcionando. Foto do leitor Fabricio Lima |  Foto: Fabrício Lima
 

“Por que a câmera de videomonitoramento instalada no final da Praia da Costa, no início da Praia da Sereia, não está funcionando? Minha mãe, que tem um estabelecimento comercial próximo a essa câmera da Prefeitura de Vila Velha, teve seu celular roubado, quando chegava ao trabalho”.

A Secretaria de Defesa Social e trânsito da Prefeitura de Vila Velha  informa que a câmera citada pelo morador está em pleno funcionamento. 

A prefeitura afirma ainda que, sempre que preciso for, o cidadão pode solicitar a informação via Ouvidoria sobre o funcionamento de uma câmera de videomonitoramento.

Jardim Camburi

Consulta médica
Mariangela Fernandes Vaz, dona de casa

“Faço tratamento com um psiquiatra para controle do meu autismo de grau II e faço uso do medicamento Ritalina. Preciso renovar minha receita, mas não consigo agendar consulta com um médico na UBS (Unidade Básica de Saúde) de Jardim Camburi”.

A Secretaria de Saúde de Vitória  informa que o morador se consulta regularmente na UBS. A última consulta ocorreu na segunda (1º de agosto).

Nova Valverde

Iluminação pública
Julio Cesar Mendes, servidor estadual

“A rua Roraima continua sem postes e luminárias. Gostaria de saber quando é que seremos beneficiados por esse serviço, pois vivemos na escuridão total”.

A Secretaria de Serviços de Cariacica  informa que vai elaborar projeto de extensão de rede na região e encaminhará à EDP para aprovação e orçamento.

OPINIÃO DO LEITOR

Campo político

O Supremo Tribunal Federal (STF) e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) retornaram as atividades normais após recesso. Os presidentes do STF, Luiz Fux, e do TSE Edson Fachin, fizeram longos discursos em defesa das urnas eletrônicas, demonstrando tendências partidárias. É hora da Corte e do TSE abandonarem o campo político para justificar suas existências.  

Daniel da Costa
Coqueiral de Itaparica – Vila Velha

SOS 

A grita era geral e justa quanto ao preço dos combustíveis, gerador da inflação que atinge a todos os setores e, principalmente, os mais pobres. A solução foi, legalmente, via Congresso, reduzir o ICMS dos combustíveis para 17%, quando deveria ser de 10% e estaria de bom tamanho. A grita dos combustíveis cessou.

Os estados do Maranhão, Alagoas, São Paulo e Piauí, ao invés de se adequarem, reduzindo despesas, recorreram ao STF que, em vez de indicar o Congresso como o foro adequado, decidiu botar a compensação da redução do ICMS na conta do governo federal. Não seria o caso de o STF, para remediar a situação, ajudar, numa atitude altruísta, espontaneamente a reduzir os salários do Judiciário e eliminar os penduricalhos para atender à reivindicação dos governadores?

Humberto Schuwartz Soares
Praia da Costa – Vila Velha

País dos contrastes 

Um pintor resolveu pintar um quadro de contrastes. Lembrou-se de um país com estados grandes e pequenos, uns ricos, outros pobres, gente milionária e gente na total miséria. Esse país oscila entre ditaduras e democracia. E na democracia, tem a ditadura dos Poderes exploradores. O povo, de tão ordeiro, virou cordeiro. Decidiu: pintou o mapa do Brasil. 

Aldo José Barroca
Antônio Honório – Vitória

Pesquisas 

A pesquisa publicada pela Modal/Futura apresentou empate técnico entre Lula e Bolsonaro. O petista tem 38,5% e o Presidente soma 37,8%. A Datafolha, em ato contínuo, ou resposta por conveniência, publicou que o candidato da esquerda estava com 49%, podendo ganhar já no primeiro turno.

As pesquisas vêm cometendo erros, que, por serem tão bisonhos, fazem crer que há outros interesses por traz desses citados erros. Tanto se reclama de atos antidemocráticos, e essas pesquisas revestidas de interesses políticos..., por que não reclamar delas? Essas pesquisas são afrontos ao povo brasileiro.

Domingos Coelho
Jardim Camburi – Vitória

MATÉRIAS RELACIONADAS