Login

Imagem ilustrativa da capa de fundo do colunista

Qual a Bronca?

Imagem do colunista

Multa por estacionar em vaga

16/11/2021 10:41:25 min. de leitura

“Não entendo por qual motivo a empresa responsável pelo sistema de estacionamento rotativo, em Guarapari, ainda está atuando, porque as irregularidades praticadas são muitas”, denuncia o empresário Caleb Calil Meirelles, que mora Nova Guarapari.

Imagem ilustrativa da imagem Multa por estacionar em vaga
Empresário Caleb Calil mostra Boletim de Ocorrência, registrado por conta do estacionamento rotativo. Foto: Roberta Bourguignon/AT
 

O morador relata que há um mês teve problemas ao estacionar seu carro para tomar um café, em uma vaga em frente a um shopping, no Centro de Guarapari.

“Ao chegar, não encontrei  funcionários que trabalham nas imediações e ao voltar me deparei com uma multa de R$ 15, no vidro dianteiro do meu carro.”

Caleb afirma que ao abordar o funcionário da empresa responsável pelo rotativo, o mesmo o teria orientado a baixar o aplicativo da empresa, inserir R$ 30, pois só assim “poderia dar um jeito”.

O empresário conta que o mesmo funcionário disse, ainda, que a cobrança de R$ 15 foi pelo fato de o empresário ter permanecido mais de 15 minutos na vaga. “Ele foi arrogante e disse que era para eu entrar na fila para processar a empresa”, reclama Caleb.

A Secretaria de Postura e Trânsito de Guarapari esclarece que a cobrança de R$ 15 ocorre quando o motorista ultrapassa os 15 minutos de prazo para a regularização, conforme prevê a legislação do rotativo.

Quanto à informação do agente de cobrança da empresa, para baixar o aplicativo da empresa, vale ressaltar que esta é uma ferramenta eficiente e disponível ao usuário para recarga de créditos. Através dele, a pessoa faz a recarga e aciona o rotativo na plataforma, evitando que o veículo fique irregular. Quanto à conduta do funcionário, o fato deve ser reportado à empresa, para apuração.