Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Qual a Bronca?

Qual a Bronca?

Colunista

Redação A Tribuna

Impacto ambiental em Aracruz

Após a construção de píer para navios de grande calado, locais próximos às praias do Mar Azul e do Sauê são invadidos pelo mar

| 28/07/2022, 11:59 11:59 h | Atualizado em 28/07/2022, 12:02

“Grandes empresas se instalaram na orla de Aracruz e trouxeram problemas ambientais. A prefeitura tem ciência, mas fecha os olhos para o que vem ocorrendo em toda a orla”, denuncia a aposentada Ana Luíza Ferreira de Souza, moradora da Praia do Sauê, em Aracruz.

Ana Luíza relata também que após a construção do “espigão”, onde aportaram os navios de grande calados, o balneário num raio de 10 km está sendo invadido pelo mar. “As ruas serão cobertas pela água do mar, quando houver maré alta”, destaca.

A morada de Aracruz disse ainda que a região é  muito sensível, pois trata-se de um estuário, e uma foz de um rio. “Temos as questões climáticas. Porém, com o avanço de tantos portos, a comunidade de Mar Azul e Sauê estão reféns”.

Ana Luíza afirma que, apesar dos estragos serem visíveis, não se ouve falar em mitigação, muito menos em reparos ambientais. “Isso através de condicionantes para o licenciamento ambiental das empresas de grande porte aqui instaladas”, ressaltou. 

“Trabalhei na área ambiental e  acredito que esse impacto possa ser reduzido, se as ações corretas forem adotadas. Não sou contra o desenvolvimento, mas ele precisa ser sustentável”, finalizou.

O Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) informa que no âmbito do licenciamento existem condicionantes que estabelecem controles ambientais e medidas mitigadoras para as atividades citadas.

Os estudos e projetos apresentados não indicam tendências de deposição ou remoção de sedimentos na região apontada. A Prefeitura de Aracruz, procurada pela coluna desde o dia 15 de junho, não retornou os contatos.

O QUE DIZ O LEITOR

Ana Luíza disse lamentar que “as autoridades estão fechando os olhos” para um problema que poderia ser evitado, preservando a orla.

Praia do Sauê, na orla de Aracruz, sofre impactos durante a maré alta
Praia do Sauê, na orla de Aracruz, sofre impactos durante a maré alta |  Foto: Ana Luíza Ferreira de Souza
 

Jardim da Penha

Rua no escuro
Ieda Ribeiro, aposentada

“Há mais de 15 dias que a rua Antônio Basílio, entre as ruas Carijós e Tupinambás, está totalmente no escuro. Abri um chamado no 156, pedindo a troca das lâmpadas e não fui atendida”. 

A Secretaria de Transportes, Trânsito e infraestrutura Urbana  de Vitória informa que nos próximos dias uma equipe do órgão irá ao local realizar a verificação.

Alecrim

Risco para crianças
Ingrid Nunes, auxiliar de tesouraria

“Na casa que dá de fundos para a minha há um cão que sobe no muro e ameaça meus filhos. Registrei boletim de ocorrência, falei com o tutor e nenhuma providência foi tomada”.

A Unidade de Vigilância de Zoonoses de Vila Velha informa que, como o animal tem um tutor com ciência da situação, o município não tem autorização para notificá-lo.

Guarapari

Banca que vendia livros usados é retirada
Hudson José Angelo, autônomo

“A administração promove na cidade a 'Festa da Cultura',  nos dias 22, 23, 29 e 30 de julho, na avenida Joaquim Silva Lima, no Centro, com atrações nacionais e locais. Em paralelo, removeu a única banca que vendia livros no Centro. Além disso, o prédio da Casa da Cultura permanece abandonado”.

A Secretaria de Empreendedorismo, Turismo e Cultura de Guarapari esclarece que os responsáveis pelas bancas do Centro da cidade foram convidados para participar do evento, mas não tiveram interesse. A banca citada mudou de local temporariamente e está na calçada do Radium Hotel, funcionando diariamente.

-
- |  Foto: Hudson José Angelo
 

Serra-Sede

Vaga para internação
Aparecida Bastos, dona de casa

“Meu marido estava com dor de cabeça,  desorientado e vomitando, o levei à UPA. Lá, ele foi medicado e liberado. No dia seguinte, passou mal de novo e retornou à UPA. De lá foi transferido para a Clínica dos Acidentados. Ele precisa de um neurologista e lá não tem”.

A Secretaria de Estado da Saúde  (Sesa) informa que o paciente foi transferido para o Hospital Jayme dos Santos Neves e está estável.

Planalto Serrano

Curva acentuada
João Calixto, aposentado

“A EEEFM Professor João Antunes das Dores, no Bloco A, fica numa ladeira íngreme e nela há uma curva bastante acentuada que oferece risco aos alunos, que podem ser atropelados”. 

A Secretaria de Obras da Serra informa que uma equipe da Engenharia de Trânsito vai ao local para avaliar a situação relatada pelo morador.

OPINIÃO DO LEITOR

Sob suspeita

A polarização entre partidos e políticos em período eleitoral é normal. Não é normal, e muito estranho, a participação de ministros do TSE – que serão juízes do pleito de outubro – em encontros e palestras com advogados e militantes. Essa atitude coloca sob suspeita a lisura do sistema eleitoral brasileiro.

Daniel da Costa
Coqueiral de Itaparica – Vila Velha

Fatalidade!

O ex-presidente Lula, no início da pandemia, disse “ainda bem que a natureza criou o coronavírus”. Uma juíza proibiu o uso da bandeira nacional para eventos. Agora uma cantora brasileira no exterior joga no chão a nossa bandeira e a pisoteia.

Os ministros do STF, na sua maior parte, abertamente abraçam a campanha política de um candidato a presidente. Os acontecimentos aqui relatados em hipótese alguma deveriam acontecer. O silêncio, de grande parte da imprensa falada e escrita, está levando o Brasil para uma fatalidade.

Domingos Coelho
Jardim Camburi – Vitória

Urnas eletrônicas

Eu comungo da ideia do senhor Humberto Schuwartz sobre as urnas eletrônicas e não entendo porque não são adquiridas por boa parte do mundo. Nós importamos uma série de baboseiras que são prejudicais a todos, principalmente às crianças e aos adolescentes.

Um país com dimensões continentais de 215 milhões de habitantes, onde se vota num dia e na noite e dia seguinte já tem os seus eleitos. É um fato inédito e que precisa ser enaltecido, pois é fruto de mentes brilhantes e brasileiras.

Valdeci Carvalho Ferreira
Mata da Serra – Serra

Economia brasileira

Abrangendo todas as atividades, iniciou, por exigência da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a divulgação dos balanços financeiros relativos ao 2º trimestre de 2022, envolvendo as principais empresas brasileiras.

Os resultados vão retratar a saúde econômica do País, num claro atestado negativo ou positivo, em convivência com a agressão russa à Ucrânia e a pós calamitosa pandemia de covid.

Humberto Schuwartz Soares
Praia da Costa – Vila Velha 

Amor de gato

Conforme reportagem em A Tribuna, a menina Antônia Simon, inspirada pelo amor a seu gato Bob, escreveu o livro infantil “Um sonho de gato”. Parabéns, Antônia, e continue escrevendo, você já integra nossa lista de excelentes escritores capixabas.

Aldo José Barroca
Antônio Honório – Vitória

MATÉRIAS RELACIONADAS