Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Qual a Bronca?

Qual a Bronca?

Colunista

Coqueiros derrubados na orla

Morador questiona o corte de árvores nativas na região. Prefeitura diz que houve somente a retirada de coqueiros mortos ou caídos

| 26/02/2022, 10:37 10:37 h | Atualizado em 26/02/2022, 10:53

Coqueiros  derrubados pela prefeitura, na orla de Coqueiral de Aracruz
Coqueiros derrubados pela prefeitura, na orla de Coqueiral de Aracruz |  Foto: Eduardo Nacari
 

 A orla de Aracruz é conhecida por seus coqueiros nativos e altos, que atraem a atenção de moradores e visitantes, tanto na Praia de Coqueiral como na Praia dos Padres. Morador do balneário, o motorista de transporte escolar Eduardo Nacari faz um alerta: “Eles podem desaparecer”.

Segundo Eduardo Nacari, por estarem plantados entre a Rodovia do Sol até a areia da praia, em frente à reserva indígena, os coqueiros se destacam.

“Esse cenário que já rendeu muitas fotos nas redes sociais está ameaçado, porque a Prefeitura de Aracruz está retirando os coqueiros, o que pode ser considerado um crime ambiental”, denuncia. 

Eduardo disse ainda que na Praia dos Padres foram realizados cortes nos coqueiros por homens da prefeitura. Mas, segundo o morador da região, eles preservaram uma castanheira, que embora seja uma espécie invasora, vai continuar reinando no local.

O motorista afirma também que entrou em contato com a Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura de Aracruz e foi informado de que trata-se de um manejo na área de restinga. Ele acredita que seja uma ação desastrada, uma vez que não há nenhuma ação de replantio dos pés retirados. “Exterminaram um dos cartões postais do município, que sempre  encantaram os visitantes”, disse.

 A Secretaria Municipal de Meio Ambiente da Prefeitura de Aracruz (Semam) informa que não houve corte de coqueiros na Praia de Coqueiral de Aracruz e na Praia dos Padres. Esclarece ainda que o serviço executado pelos técnicos da Semam foi apenas a retirada dos coqueiros mortos ou caídos. Informa ainda que a ação de retirada foi a de espécies exóticas como leucenas e acácias.

O QUE DIZ O LEITOR

Eduardo Nacari disse que foram retirados coqueiros que ainda davam frutos e que estavam saudáveis, e não leucenas e acácias. 

Coqueiros  derrubados pela prefeitura, na orla de Coqueiral de Aracruz
Coqueiros derrubados pela prefeitura, na orla de Coqueiral de Aracruz |  Foto: Eduardo Nacari
 

Ilha de Santa Maria

Falta de pediatra
Andréia do Nascimento, dona de casa

“O PA Infantil ficou sem pediatra nos dias 11 e 12 de janeiro. Ficou um caos”. A Secretaria de Saúde de Vitória informa que nos dias citados manteve a pronta assistência em pediatria no PA de  São Pedro, tendo em vista que, nesse período, o número de profissionais de saúde e pacientes com sintomas respiratórios e  com covid começou a subir.

Jardim Guaranhuns

Marcação de consulta
Marcos Antonio Marchiore, auxiliar de serviços gerais

“Com ajuda desta coluna e da agente de saúde do Araçás, recuperei  meu  Cartão da Família e o Cartão do Sus. Agora preciso marcar a consulta para descobrir os meus desmaios constantes”. A Gerência da UBS Araçás informa que a consulta foi marcada e a agente de saúde disse  ao paciente a data em que ele será atendido.

Itapuã

Congestionamento após mudança de fluxo  
Jayme Edegard de Oliveira Filho, consultor técnico

“Não sei qual foi o critério utilizado pela Prefeitura de Vila Velha ao  transformar a rua Belo Horizonte, em Itapuã, para mão única. Ela não  era congestionada, mas  agora temos que utilizar a Avenida Resplendor, que já era congestionada. Ficou  muito pior, principalmente em dia de feira.

O setor de Engenharia de Tráfego da Secretaria de Defesa Social e Trânsito de Vila Velha  esclarece que o critério é técnico, pela implantação do sistema binário, consistindo em vias paralelas em sentidos opostos. O objetivo é reduzir conflitos nos cruzamentos, menos acidentes e maior segurança para condutores e pedestres.

Imagem ilustrativa da imagem Coqueiros derrubados na orla
 

Praia de Itaparica

Regularização de obra
Geysa Paris, professora

“Há 8 meses aguardo a regularização de uma obra na Avenida Saturnino Rangel Mauro, e a prefeitura não nos dá uma previsão de liberação. Toda a documentação exigida foi apresentada pela arquiteta”.  A Secretaria de Desenvolvimento Urbano de Vila Velha esclarece que o processo esta em análise, porque ficou 55 dias à espera de informações. O mesmo não foi indeferido.

Primavera

Rachaduras no asfalto
Sérgio Gomes, técnico em vendas

A rua Central está com rachaduras de ponta a ponta, depois que a Cesan executou obras de saneamento. Peço que a Cesan fiscalize a recuperação do asfalto por parte da empresa contratada”. 

A Cesan informa que a reconstituição do pavimento na rua citada está programada para ser realizada pela equipe técnica.


OPINIÃO DO LEITOR


Putin

Vladimir Putin já vinha há algum tempo mostrando suas tendências ditatoriais nos limites do território russo, alterando dispositivos constitucionais para se manter na presidência. Extrapola e invade a Ucrânia, nação democrática soberana, justamente como Hitler deu o seu primeiro passo contra a Polônia, deflagrando a 2ª Guerra Mundial na década de 1930. 

Ex-integrante e líder da polícia secreta russa, Putin se tem utilizado muito bem de subterfúgios para realizar seus propósitos de poder, aproveitando-se da intenção de paz que reina nas democracias do Ocidente. Num momento em que a pandemia ainda nem terminou seu curso trágico, o vírus de uma prepotência megalomaníaca poderá convulsionar o mundo e, Deus nos livre, implodir o planeta.

Roberto Pimentel
Praia do Canto  – Vitória

Violência escolar

Existem coisas que a sociedade está perdendo e que são irreparáveis: respeito para as mulheres e idosos e respeito com os professores. Na última terça-feira, um estudante menor de 16 anos de uma escola estadual de Caraguatatuba (SP) esfaqueou a diretora do colégio e, para piorar, não demonstrou arrependimento. 

Pobres mestres, ganham salário de fome e ainda sofrem nas mãos destes menores que não conhecem limites familiares e das leis. São feras indomáveis!

Valdeci Carvalho Ferreira
Mata da Serra – Serra

Boneca de louça

Naquele tempo, Fátima foi brincar com as meninas do compadre Zé Lopes. Cleuza ganhou uma boneca de louça no Natal e ficou feliz da vida. Fatinha, sem querer, quebrou o pé da boneca. 

A dona do brinquedo começou a chorar e ela a consolou: “Larga de ser boba, Cleuzinha! Boneca de pé quebrado é muito mais bonita do que com o pé inteiro!!”

Anna Célia Dias
Bento Ferreira – Vitória

Guerra!

Rússia invade a Ucrânia, ato covarde e precipitado! Os países do Ocidente são prejudicados em sua economia, muita gente morrerá: soldados, civis, principalmente mulheres, crianças e idosos. Creio que até Deus chora.

Na guerra, soldados não se conhecem, não se odeiam, matam por ordem dos poderosos, que se conhecem e se odeiam, não se matam, ficam nos palácios. Ora, briguem os presidentes dos países, para saber o vencedor. 

Aldo José Barroca
Antônio Honório –  Vitória

MATÉRIAS RELACIONADAS