Login

Imagem ilustrativa da capa de fundo do colunista

Qual a Bronca?

Imagem do colunista

Água suja despejada no mar

12/01/2022 11:44:03 min. de leitura

“Todos conhecemos o potencial turístico do litoral do Estado. Entretanto, há trechos da orla que sofrem com o despejo irregular  de dejetos no mar, sem qualquer tipo de tratamento prévio, como o que ocorre na altura da Praia da Baleia, na Serra”, denuncia o diretor financeiro Edson Paradizo, que reside no bairro.

Imagem ilustrativa da imagem Água suja despejada  no mar
Afluentes que deságuam na Praia da Baleia, causando poluição ambiental na orla e reduzindo potencial turístico. Foto: Edson Paradizo
 

A praia, segundo o morador do bairro, tem uma linda extensão de praia calma e uma bela vista.

“Águas rasas que são tranquilas e recomendadas para as crianças e seus familiares. Com todas essas qualidades seria o paraíso para atender o público externo, das comunidades próximas bem como as famílias que aqui residem. Entretanto, um problema grave impede que isso aconteça”, disse.

Edson Paradizo relata que nas divisas do bairro deságuam dois afluentes, um sentido Jacaraípe e outro sentido Manguinhos, que deixam um odor desagradável ao longo da praia.

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente da Serra informa que o tratamento de esgoto na cidade é de responsabilidade da Ambiental Serra/Cesan.

Procurada pela reportagem, a Serra Ambiental, por sua vez, esclarece que para evitar o lançamento de esgoto no mar, córregos e lagoas, os moradores devem ligar seus imóveis às redes de coleta e tratamento de esgoto. 

Na Serra, o serviço já está universalizado e disponível para 90,3% da população. 

Porém, mais de 13 mil imóveis no município na Serra têm o serviço disponível, mas ainda não estão ligados à rede. Para solicitar a ligação, o morador pode ligar para o telefone 115. A chamada é gratuita e o atendimento funciona 24 horas.