Login

Atualize seus dados

Troca aumenta a temperatura

11/10/2021 08:28:41 min. de leitura

A publicação no Diário Oficial do Estado, na sexta-feira, informando a transferência do delegado da Polícia Civil e vereador de Vitória, Leandro Piquet (Republicanos), da Delegacia Especializada de Pessoas Desaparecidas para a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, ambas em Barro Vermelho, na capital, virou discussão política nas redes sociais.

Piquet publicou um vídeo onde diz que a mudança foi feita por decisão política em represália às críticas que ele fez à Segurança Pública do Estado em plenário na Câmara e em um artigo.

“Estou sendo obrigado a pedir férias da PC-ES para poder continuar representando o cidadão capixaba na Câmara. No dia do meu aniversário, fui surpreendido pelo Diário Oficial com a transferência de cargo para uma função com horário incompatível à atuação do meu mandato no Legislativo”, disse.

Permite flexibilização
A Polícia Civil contou que alterou a localização de três delegados e que as mudanças são administrativas.
Disse também que Piquet atuava como adjunto na primeira delegacia com carga horária de 40 horas semanais, de 8 a 18 horas diariamente, e que a nova delegacia “permite flexibilidade de horários e é compatível com as atividades legislativas”.

Visita a Linhares
O deputado Neucimar Fraga (PSD) esteve na semana passada em Linhares com o prefeito Guerino Zanon (MDB), cotado para disputar o governo. Neucimar disse que o desenvolvimento do Estado passa por Linhares “e a liderança do prefeito é importante para a definição de rumos”. O PSD dele tem sido apontado como o futuro de Guerino.

Dividindo opiniões
A repercussão sobre a troca de delegacia de Piquet tem dividido opiniões. Nos bastidores, uns garantem que o objtivo é cercear a opinião do parlamentar; já outros contam que, em outros tempos e com outros governadores, o delegado seria transferido para o interiorzão do Espírito Santo.

Débitos fiscais
Projeto protocolado na Assembleia visa possibilitar tratamento tributário igualitário em relação ao parcelamento de débitos fiscais, decorrentes de multas emitidas pelo Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf).
A medida altera a lei que criou o programa de parcelamento incentivado dos débitos e tem como objetivo ajudar os produtores rurais a se regularizarem, explica a autora, deputada Janete de Sá (PMN).

Curso para ficar de olho nas políticas públicas
A Controladoria-Geral da União de São Paulo realizará de entre os dias 18 e 29 próximos a 2ª edição do curso virtual sobre Dados Abertos para o Controle Social. A iniciativa visa trabalhar com interessados a coleta e a utilização de dados abertos para analisar a aplicação de políticas públicas no que diz respeito à conformidade e aos resultados, por meio de softwares gratuitos, de bancos de dados e de linguagens de programação. As inscrições terminam amanhã.

Corte na ciência
O deputado Helder Salomão (PT) usou sua conta no Twitter para criticar o corte de verba em Ciência e Tecnologia. “O governo Bolsonaro cortou 92% do investimento destinado à Ciência no Brasil. E pensar que nos governos petistas o País contava com o Ciência sem Fronteiras”.

Chegada de vacinas
Já a deputada Soraya Manato (PSL) usou a mesma rede social para destacar a chegada de vacinas ao Espírito Santo. “Mais 47.970 doses de vacinas contra a covid chegaram ao aeroporto de Vitória. Obrigada, presidente Jair Bolsonaro pelo envio de mais vacinas para o ES”.

Não Enforcarás
A Câmara de Vitória não enforcará o expediente hoje e realizará sessão normalmente, às 9h30, com transmissão pelo YouTube da Casa.

Entrega de emendas
Dia 19 começa a entrega de emendas dos deputados estaduais para a Lei Orçamentária Anual 2022.