Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Plenário

Plenário

Colunista

Kleber Amorim

Só uma socialista para prefeita

| 07/10/2020, 06:47 06:47 h | Atualizado em 07/10/2020, 09:21

O PSB tinha definido no congresso da sigla lançar seis candidatas a prefeitas no Estado, na intenção de ter mais mulheres na política. Contudo, acordo vem, acordo vai, o número caiu para uma candidatura à prefeita (em Brejetuba) e seis a vice, além de 336 candidatas às câmaras, em todo o Estado.

Na maioria dos casos, houve acordo. Mas o caldo entornou em Aracruz e São Mateus, onde Dileuza Marins e Elisângela Cristina, a Preta, respectivamente, investiam pesado na candidatura. Em Aracruz, o PSB virou vice de Evilásio Costa (PDT) e em São Mateus, vice de Ferreira Júnior (SD), mas nenhuma das duas entrou nas chapas. Vão disputar as câmaras.

A situação acirrou os ânimos da militância do PSB Mulher e sobrou para a secretária do segmento, a vice-governadora Jaqueline Moraes, tentar apagar o incêndio. “A política ainda é muito masculina, mas temos que ter estratégia. Conversamos com elas, mostramos pesquisas e a viabilidade. Chegamos à conclusão que seria melhor elas virem como vereadoras.”

Mulheres na Executiva
A vice Jaqueline Moraes disse que uma das metas do PSB Mulher, no ano que vem, é aumentar a representatividade feminina nas executivas municipais. “A Preta, de São Mateus, foi escolhida na convenção, mas depois a Executiva do partido definiu que iria compor. Por ela não fazer parte da Executiva não participou da decisão. Temos que ter paridade”.

Diretor deixa a Ales
O presidente estadual do Republicanos, Roberto Carneiro, deixou a direção geral da Assembleia no último dia 1º, conforme Diário Legislativo do dia. Carneiro foi candidato a vice-prefeito na chapa de Amaro Neto na disputa em Vitória de 2016 e agora vai se dedicar às candidaturas do partido. Em Vitória e Vila Velha, a sigla tem Lorenzo Pazolini e Hudson Leal.

Imagem ilustrativa da imagem Só uma socialista para prefeita
Cão comunitário agora é lei!
O governo sancionou lei da deputada Janete de Sá que protege o cão comunitário, que é aquele cachorro de rua, sem dono, mas ao mesmo tempo acolhido pela comunidade. “Com a lei, quem cuida dele não será acusado de abandono e a prefeitura não pode recolhê-lo, porque ele é da comunidade”.

Mestrado com futuro ministro
O advogado capixaba Custódio Castellan chegou a conviver com o desembargador Kassio Nunes, indicado por Bolsonaro para a vaga que será aberta no STF, durante mestrado em Lisboa, em 2014. “Éramos colegas de turma, na época ele era advogado. É uma pessoa alegre, extrovertida, muito gente boa e se relacionava bem com todos. Capacidade ele tem, mas prever o futuro é mera conjectura”.

A “Mão Peluda” ataca novamente?
Estava tudo combinado para o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, almoçar com o governador no Palácio Anchieta, segunda-feira. Mas, um dia antes (domingo), ele ligou desmarcando. O ministro almoçou com empresários na Findes. Nos bastidores, dois deputados federais teriam atuado na articulação para a mudança. Mas o deputado Evair de Melo, vice-líder do governo federal, nega. “A agenda foi um sucesso, quem falou isso trabalha contra o Estado”.

Galeria

Arquivado
A Assembleia rejeitou projeto do deputado Sergio Majeski que criava um grupo de auxiliares técnicos do Tribunal de Contas para atuar na transição dos governos.

Mais um com Covid
O procurador-geral da Assembleia, Rafael Teixeira de Freitas, foi diagnosticado com Covid-19. Mas, segundo ele, a contaminação não ocorreu no trabalho, mas em casa.

Vai perder o posto!
O deputado Theodorico Ferraço tem defendido mais o presidente Bolsonaro, nas sessões, que o bolsonarista-mor Capitão Assumção.

Quem te viu, quem te vê
Theodorico já foi mais Casagrande.

Prêmio Chico Mendes
Aprovado projeto do senador Fabiano Contarato que cria premiação a reportagens sobre o meio ambiente.

MATÉRIAS RELACIONADAS