Login

Imagem ilustrativa da capa de fundo do colunista Kleber Amorim

Plenário

Imagem do colunista Kleber Amorim

Kleber Amorim

Sem abrir mão de apoio a Ciro

26/11/2021 09:34:41 min. de leitura

Nos dias 10 e 11 de dezembro, uma sexta-feira e um sábado, o ex-ministro Ciro Gomes e o presidente nacional do PDT, o também ex-ministro Carlos Lupi, estarão no Espírito Santo.

Na agenda, encontro   na sexta com o governador Renato Casagrande (PSB), de quem o PDT é aliado de primeira hora no Estado, e, no sábado, a convenção regional do partido.

Com a volta de Ciro para a disputa presidencial - após ter suspendido a pré-candidatura em protesto  a  PEC dos Precatórios  –  a legenda   segue na articulação dos palanques nos estados para o ex-ministro  através de  candidaturas majoritárias de     governadores, vices ou senadores. 

No Espírito Santo, o PDT não estaria  de olho em nenhuma destas vagas, pois entende que o governo deva aglutinar forças que ainda não estão com ele, mas não abriria mão de um novo apoio do governador a Ciro Gomes, como fez em 2018.       

Esperança de aliança

 No plano nacional, o PSB é  dado como mais próximo à candidatura de Lula (PT), mas o ex-ministro Carlos Lupi contou à Plenário  que continua esperançoso no apoio dos socialistas a Ciro Gomes. “Temos história em comum, visões muito parecidas e ainda tenho esperança de ter o PSB nessa aliança. Vamos continuar tentando até a última hora”, prometeu.

 Terceira não! Nova via

 Sobre Ciro estar – assim como outros nomes – situado em uma 3ª via que não seja Lula nem Bolsonaro, Carlos Lupi corrigiu a afirmação e disse que ele é “a nova via”. “Terceira via já começa em terceiro. Gosto de nova via, nova opção, temos que construir essa opção para a sociedade. O Brasil não pode estar em um ringue que tenha só dois pugilistas”.

Entregou que teria festa

Em sessão na Assembleia, Marcelo Santos (Podemos) parabenizou Sergio Majeski (PSB) pelo aniversário  e brincou - ou deixou escapar - que o colega teria confidenciado que haveria almoço de comemoração. Majeski, em tom de brincadeira, disse que se “é confidencial, não é para tornar público”.

Barroso no ES

Vitória vai abrigar, nos próximos dias 3 e 4 de dezembro, o VIII Encontro Nacional dos Juristas da Justiça Eleitoral (Copeje). O evento vai debater os rumos das eleições em 2022 e nos próximos anos. Confirmaram presença, o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso; o deputado federal Felipe Rigoni (PSB) e o juiz eleitoral do TRE-ES Renan Sales; além de vários juristas do Brasil. O local onde ocorrerá será  o auditório do TRT-ES.

Movimentação mais às claras

 O ex-governador Paulo Hartung (sem partido), que tem seu nome ventilado para disputa ao Senado ou governo, voltou a se movimentar de forma mais direta ontem. Visitou obra de uma empresa de café, em Linhares, e posou ao lado do prefeito e aliado Guerino Zanon (MDB) – também cotado ao governo – e do diplomata Zé Carlinhos (PSD). Segundo o colunista Lauro Jardim, Hartung seria conselheiro do pré-candidato à Presidência Rodrigo Pacheco (PSD).

Nova visita

O presidente do Senado, que esteve recentemente em Vitória, estará novamente amanhã. Rodrigo Pacheco debaterá o cenário político-econômico com empresários e lideranças locais  no  Meeting de Líderes Industriais da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes).  

Destaques do Caparaó 

A Assembleia realiza, na segunda-feira, às 19 horas, sessão solene para homenagear destaques socioeconômicos da Região do Caparaó Capixaba, como empresas com relevantes contribuições para o desenvolvimento local. O proponente é o deputado Luciano Machado (PV).

Fibromialgia

 A Comissão de Saúde da Assembleia debateu os direitos dos fibromiálgicos. Além de pacientes, o colegiado recebeu o anestesiologista  André Félix Gomes Cordeiro que explicou os tratamentos disponíveis.

26 de novembro de 1930 

Criado o Ministério do Trabalho.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes. Assine para acessar: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login