Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Plenário

Colunista

Plenário

PSB dobra a aposta

| 31/01/2020, 09:01 09:01 h | Atualizado em 31/01/2020, 09:05

A disputa pela Prefeitura de Vitória está esgarçando a relação entre o PSB e o Cidadania e, ontem, mais um passo foi dado para o que pode ser um caminho sem volta rumo ao rompimento. O vice-prefeito da capital, Sérgio Sá (PSB), se inscreveu no livro de candidaturas do partido para disputar as prévias e ser o candidato socialista a prefeito de Vitória.

Na quinta-feira (30), a coluna também noticiou, após contato com dirigentes do Cidadania, que o vice poderia perder a Secretaria de Habitação e Obras, caso o PSB tivesse candidato. Sérgio disse, conforme noticiado em Plenário On-line, que não pretende entregar a pasta. E, caso vença as prévias, só sai em abril.

Sobre a possibilidade da pasta lhe ser tirada, preferiu não opinar e negou que haja algum constrangimento com o prefeito Luciano Rezende (Cidadania). “Não tem mal-estar nenhum”, disse, embora toda a cúpula do Cidadania tivesse a expectativa do apoio ao pré-candidato Fabrício Gandini.

“Teremos candidato”
O presidente do PSB de Vitória, Juarez Vieira, disse que, desde abril de 2019, as conversas do PSB com aliados é que o partido teria candidato próprio em Vitória. “É uma eleição de dois turnos. É nosso direito termos candidato. No segundo turno, tudo muda, nada impede de estarmos juntos com o Cidadania”. Só Sérgio Sá se inscreveu nas prévias até agora.

SAC do ninho
Uma reclamação recorrente do Cidadania ao PSB é a postura do vereador Davi Esmael (PSB), que tem aumentado o tom das críticas à Prefeitura de Vitória. Citam até um subsecretário estadual que estaria dando voz a Davi em suas redes sociais. O presidente do PSB de Vitória, Juarez Vieira, disse que Davi faz voo solo e não fala pelo partido.

O rei dos colchões
O senador Luiz Pastore doou, na manhã de quinta, 570 colchões – que ele comprou com recursos próprios – para as vítimas das chuvas nas cidades mais afetadas. O senador fez a entrega ao prefeito de Iconha, que ficou de distribuir na cidade e também em Castelo, Cachoeiro e Vargem Alta.

PT perde nome forte na disputa em Cariacica
O deputado federal Helder Salomão anunciou na quinta que não será candidato a prefeito em Cariacica. Pesou sua atuação na Câmara Federal. No ano passado, Helder ganhou visibilidade à frente da Comissão de Direitos Humanos e, por conta disso, este ano vai representar a Câmara no Conselho da área. “Eu sou o único deputado de Cariacica, tenho ajudado muito daqui.”

Tribunal de Contas entra com recurso contra juiz
O Tribunal de Contas, por meio da Procuradoria-Geral do Estado, entrou com recurso no Tribunal de Justiça contra a decisão do juiz de Guarapari Gustavo Marçal, que suspendeu o parecer do Tribunal de Contas pela rejeição das contas, referentes a 2012, do prefeito Edson Magalhães por não ter aplicado o valor mínimo de recurso na Educação. O juiz também determinou que seja feita uma perícia particular nas contas pela Fidúcia Consultoria.

Não recorreu
O juiz de Guarapari deferiu pedido feito pelo prefeito Edson Magalhães, que não chegou a recorrer do parecer pela rejeição de sua gestão em 2012 no Tribunal de Contas.

Tô nem sabendo!
A sócia-proprietária da Fidúcia Consultoria, Julyana Covre, disse não estar sabendo da determinação da Justiça para fazer a perícia nas contas. Ela também não informou qual o valor que será cobrado.

Apoio aos municípios
O Bandes e a Prefeitura de Viana assinam hoje contrato de financiamento de R$ 5 milhões, que serão investidos em um programa de modernização da arrecadação tributária, com a implantação de georreferenciamento e sistemas de TI.

Quem financia?
Bastou o deputado federal Felipe Rigoni postar no Twitter dados sobre a má gestão no MEC para chover ataques da milícia virtual contra ele.

MATÉRIAS RELACIONADAS