Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Plenário

Plenário

Colunista

Kleber Amorim

Lelo perde apoio de dois diretórios

| 10/02/2020, 08:26 08:26 h | Atualizado em 10/02/2020, 08:27

Se não houver mais nenhuma decisão judicial, o MDB estadual vai às urnas no próximo domingo para definir se continua com o comando do atual presidente, Lelo Coimbra, ou se muda para o grupo adversário, comandado por Marcelino Fraga.

Estão aptos para votar 89 delegados, 11 a menos do que a expectativa. Dois dos maiores diretórios – Cariacica com 6 delegados e Vitória, com 5 – não vão participar da votação. Vitória por não ter feito convenção por impedimento da Justiça. Já Cariacica até fez, mas o quórum baixo anulou o processo. Os presidentes dos dois diretórios são ligados a Lelo.

“Estou muito tranquilo, não atrapalha na convenção e não altera o desempenho e a perspectiva”, afirmou Lelo. Segundo ele, as duas chapas apresentadas estão em análise.
Já Marcelino, ao ser questionado sobre a falta de 11 delegados, foi cauteloso: “Vamos aguardar a abertura das urnas”.

Orientação nacional

O diretório estadual do MDB rebateu “a bronca” do deputado Zé Esmeraldo com relação à distribuição de recursos para a campanha de 2018, em que reclama que Lelo Coimbra e Luzia Toledo receberam mais. “Seguimos orientações do diretório nacional. Os deputados federais com mandato teriam uma cota própria e a cota feminina seria cumprida”.

Ministro no Estado
O ministro Luiz Fux, vice-presidente do STF, vem ao Estado hoje para participar da aula inaugural do ano letivo do curso de Residência Jurídica da Escola Superior da Procuradoria-Geral do Estado (PGE). A aula, no Palácio Anchieta, é voltada para jovens bacharéis em Direito e estudantes de pós-graduação. Fux fala sobre “Análise Econômica do Direito”.

Uma horta no caminho...
Numa audiência de conciliação sobre a desapropriação de um terreno, uma senhora reclamou que a horta dela não entrou nos cálculos. Perguntaram na audiência o que tinha na horta, no que ela respondeu: “Alface, couve, repolho...”. Ela recebeu mais R$ 200 no acordo. “Nenhum juiz faria isso”, afirmou o ministro do STJ Nefi Cordeiro.

CNI vai ao STF contra lei capixaba
A Confederação Nacional da Indústria (CNI) entrou com uma Ação de Inconstitucionalidade no STF contra a lei 10.995/2019 aprovada na Assembleia. Dos deputados Rafael Favatto e Enivaldo dos Anjos, a lei obriga empresas a oferecerem embalagens de 10, 15 e 25 quilos e não apenas só de 50 kg – que é o padrão adotado em todo o país. Afirmam que a lei interfere na livre iniciativa.

Base aliada em peso na Comissão de Segurança
A base aliada do governo na Assembleia vai acompanhar de perto a reunião da Comissão de Segurança que ocorre na manhã de hoje com a participação da Frente Unificada dos policiais. Além dos deputados da própria comissão, outros devem comparecer. O objetivo é que a comissão não se torne palanque para dar brecha a movimentos grevistas. Na sessão da última quarta-feira, o deputado Enivaldo dos Anjos, que faz parte da comissão, disse que o colegiado estava sendo usado pelo movimento de greve para peitar o governo.

Galeria

Disputa em cariacica
O médico Jovarci Motta é a aposta do partido Democracia Cristã (DC) na disputa em Cariacica. Motta já foi médico do Exército e hoje atende num Pronto Atendimento do município.

Disputa em cariacica II
Além da Serra e em Vitória, a Rede também pretende lançar candidatura própria em Cariacica. A aposta é no ex-deputado estadual Marcos Bruno, que já tem colocado o time em campo, principalmente nas redes sociais.

Merenda de todos
Assembleia aprovou indicação do deputado Sergio Majeski ao governo para que seja garantido aos professores e funcionários das escolas da rede estadual o direito de consumirem a merenda oferecida aos alunos.

Cultura na pauta
O PDT lança no próximo dia 15 o Movimento Cultural Darcy Ribeiro. Será no bairro São Diogo 1, na Serra, às 16h, com palestra, música e também sarau.
 

MATÉRIAS RELACIONADAS